The Good Wife: Double Jeopardy (02×02)

E Diane, em uma participação tão pequenina, consegue roubar um episódio. Esta não é a primeira vez que isso acontece e com certeza não será a única. Digo mais, se eu fosse aquele senhor eu também ia escolhê-la como minha advogada, porque nada melhor que conhecer realmente seus riscos para conseguir o melhor resultado.

No final das contas, a história acabou virando totalmente a seu favor, já que agora ela é a advogada das várias páginas de serviços prestados. E ela ainda pode responder para Dereck e Will que não é problema, afinal, é nosso dinheiro, não é mesmo?

É claro que a escolha acabou por deixar Diane bem mais confortável em seu confronto com Will e Dereck, mas não custa nada ouvir o que Kalinda tem para contar – apesar de eu achar que é mais suspense que algo realmente significativo.

Falando de Will e Alicia: clima péssimo, não é não? Engraçado é que no episódio passado os dois pareciam bem menos afetados pelos acontecimentos do que agora. Ou é só impressão minha?

Caso defendido: adorei! Adorei porque foi vitória dupla, adorei porque foi Alicia quem, de novo, achou o caminho para mostrara verdade – e daí que isso às vezes parece absurdo, ela é a protagonista dessa coisa, poxa.

Ah, e eu adoro Ely, mesmo quando ele tem um mal dia.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. também gosto do Eli, e aquele corte de cabelo então “tá o ouro”. O que será que vai dar na amizade de Becca e o filho de Peter? Vamos esperar para ver.

    Responder

Deixe uma resposta