Law&Order: Rubber Room (20×23)

Como se despedir de um seriado que você acompanhou por mais de metade de sua vida? Eu ainda não sei. Eu ainda não me despedi.

Rubber Room não é exatamente um episódio de encerramento para um seriado com tanta história, mas ele não faz feio. Talvez a investigação do episódio não tenha sido a mais desafiadora nem surpreendente, mas, mais uma vez, os roteiristas acertaram no tom ao abordar um tema bastante espinhento nestes tempos: como professores que não ganham bem são obrigados a encarar crianças cada vez mais mal educadas, com cada vez menos liberdade para agir ou responder à altura.

Em meio às dificuldades: conseguir as informações necessárias para evitar uma tragédia maior, lidar com pais e educadores revoltados, o medo de processos que não se acabam, é a vez do promotor Jack MacCoy se colocar, lembrando os velhos tempos que não voltarão mais. Não deixa de ser uma homenagem.

Mas o que valeu foi a maneira escolhida para encerrar tanta história, outra homenagem, dessa vez à Epatha Merkerson, depois de tanto tempo dedicado a série: Lupo organiza uma arrecadação de fundos para ajudar à tenente, que primeiro ofendida, depois aceita a ajuda. Para fechar a arrecadação, lei e ordem se encontram num bar para comemorar.

O telefone da tenente toca, não conseguimos entender o que está sendo dito, mas sabemos que é o resultado do exame que ela fez. Quando ela se vira novamente ela está chorando. Foram os cinco segundos mais longos da minha vida televisiva!

Ela olha seus amigos, sorrindo, bebendo, conversando. E ela repete: “obrigada, obrigada, obrigada”.

Eu acredito que sirva como agradecimento para os fãs também.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. Para quem atua no “sacerdócio” do magistério, o episódio teve um “plus”, um algo a mais. Tivemos também Jac MacCoy voltando aos tempos de promotor atuante e o final digno de resenha: a iniciativa do Lupo (sempre ele… centrado e quase onipresente) em arrecadar fundos e principalmente o telefonema recebida pela Tenente Van Burren, tão bem encarnada por Epatha Merkerson, sempre trasmitindo força e ternura na medida certa, maravilhosamente dosada e convincente! Parabéns a toda à equipe!

    Responder

  2. Acho que por não ter sido planejado como encerramento é que esse episódio foi tão bom… fechou a série da maneira de sempre, e com uma mensagem altamente positiva.

    Bacana, também, foi o prof. de matemática ir atrás do Lupo e do Bernard pra ajudar os alunos e a outra professora amparando os feridos na biblioteca.

    O Universal já deve ter reprisado esse episódio umas 2.428.300 vezes mas eu sempre faço questão de assistir.

    Responder

  3. sou totalmente apaixonada por este seriado,mas não tenho tv a cabo, tem algum site para me indicar onde encontre esse seriado? agradeço

    Responder

    1. Oi candice, Law&Order, infelizmente, é um site difícil de ser encontrado na net e quando é você fica sem legendas. O pessoal mais ativo de legendas, do Legendas.TV, só foi fazer legenda para a série na última temporada, antes disso nada.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *