Segunda temporada de Clara Sheller chega hoje no Eurochannel

O ano era 1998 e Scrubs não era nem uma ideia quando alguns franceses encararam fazer um seriado médico que era uma comédia. Era até ridículo assistir a aqueles médicos atrapalhados que conseguiam se meter nas mais diversas situações estapafúrdias. O seriado era H (o H representaria as três bases do seriado: Hospital, Humor e História) e eu nunca esquecerei um episódio em que um dos residentes fica preso na máquina de porcarias e grita por seus M&M’s  – e o ano já não era mais 1998, já que o seriado demorou anos para estrear por aqui no Eurochannel, mesmo canal que traz, a partir de hoje às 21h00, a segunda temporada de Clara Sheller.

Foi por causa de H e Coupling que eu passei a procurar por mais seriados europeus e nunca me arrependi – quem quiser experimentar tem a oportunidade não só de assistir a Clara Sheller como acompanhar o excelente Paris Enquete (versão francesa de Law&Order) na GNT e a Law&Order UK no A&E (adoro!!). Para quem estiver disposto a procurar eu ainda sugiro Napoleon, P.J., Wire In The Blood e Prime Suspect.

Clara Sheller teve duas temporadas de considerável sucesso e foi comparada a vários seriados americanos de sucesso (Ally McBeal e Will&Grace entre eles), mas acho que ele deve ser julgado por si só, pois merece.

E é a segunda temporada que estréia hoje por aqui, com uma nova atriz no papel principal: Mélaine Doutey.

A história: Clara Sheller agora tem 33 anos de idade (é jovem sim, poxa, é minha idade). Uma jornalista francesa que divide apartamento e sentimentos com seu melhor amigo JP (Patrick Mille), que é gay (entendeu a referência a Will&Grace?). Na primeira temporada ela engravidou de seu chefe, pediu ao amigo JP que assumisse a criança e depois acabou na cama com o vizinho por quem ele era apaixonado. Sim, tem mais confusão que no seriado americano.

É aí que a segunda temporada começa: Clara ao mesmo tempo está próxima da estabilidade em um relacionamento sério e ao mesmo tempo foge dela, mesmo que sem perceber.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

7 Comentários


  1. 33 anos? praticamente uma adolescente, rsrs.
    e eu tow começando a tomar gosto por series europeias, isso q dá ter boas amizades
    =D
    bjaum!!

    Responder

  2. repito o que já disse em outro lugar
    e depois ainda reclamam de Dexter 🙂

    é pena que na grade da NET não existam os canais Eurochanel / Space e Studio Universal, pois os pacotes da Sky onde tem estes canais são muuuuito caros

    Responder

  3. oiee
    eu vi a primeira temporada de clara sheller, gostei um pouco. é meio estranho, diferente do que estou acostumado. mas me interessou eu vi todos os episodios, inclusive tenho em dvd. mas confesso que Ménage à trois da cena final foi meio indigesto.. estranha forma de amar francesa.. enfim por isso nao me interessei em ver mais a serie, nem sabia q teria outra temporada. e mudaram a atriz? nossa, estranho, a original era tao linda.

    Responder

  4. Olá, alguém sabe onde comprar esse seriado com legenda em português?

    Obrigada!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *