Criminal Minds: Faceless, Nameless (05×01)

Confesso ter ficado um pouco confusa com o início deste episódio: pera aí, como eles já estão cuidando de outro caso? Cadê o Hotch? Por que ninguém sabe o que está acontecendo? Cadê o Ceifador?

Levei um tempo para processar que ainda estávamos poucas horas depois do caso do Canadá e de que o time, em teoria, nem estaria junto naquele dia – motivo pelo qual ninguém havia dado pela falta de Hotch.

Daí em diante confesso que fiquei tão envolvida pela questão de como eles conseguiriam solucionar o caso do médico ameaçado que até esquecia de pensar no Ceifador e em Hotch.

O roteiro todo foi muito bem amarrado e nem fiquei tão frustrada pelo assassino que consegue fugir – como ficar depois da ótima jogada dele ter usado a identidade de Morgan para deixar Hotch no hospital? – mas fiquei aflita com a idéia de que a família de Hotch continua em perigo. Alguém mais sentiu o coração apertado ao vê-los entrando naquele carro?

Quanto ao caso do médico: por mais absurdo que possa soar o fato de Spencer resolveu o caso praticamente sozinho em questão de minutos, a idéia de que a equipe só conseguiu isso graças a Hotch, conforme Rossi fala para ele depois no hospital, me pareceu perfeita.

Para os torcedores de Hotch e Prentiss: juro para vocês que não vi os sinais de “clima de casal” que tantos comentaram nos últimos reviews. Não acho uma idéia ruim, mas também não faço parte dos torcedores – amor no trabalho, bem, desculpem o trocadilho, dá trabalho demais.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. eu comecei a ver a série no último mês, baixei e assisti todas as temporadas em questão de dias, e juro que nunca vi nenhum ar de romance entre a prentiss e o hotch, aliás ne entre eles e nem entre nenhum personagem da série desde que a JJ ficou com o Will e a penelope e o carinha estranho, mas da onde q tiraram isso?

    quando ao episodio eu também levei um tempo p entender oq estava acontecendo, ate q percebi q o repentino sumisso do hotch foi pq ninguem esperava se ver depois de tão pouco tempo de resolver um caso, era como se ele estivesse dormindo e não viu o celular tocar. Jurei que quando a Prentiss chegasse na casa dele ia encontra-lo estirado lá no chão, ma sminha surpresa maior foi saber que o ceifador tinha levado ele para o hospital , achei que ia preferir o hotch morto, não imaginei que a familia dele ia ser o alvo e quando morgan entrou no quarto e quase matou a ex do hotch de susto, não sabia se ria ou se ficava aliviada.

    Responder

Deixe uma resposta