Law And Order Criminal Intent: Faithfully (08×05)

Law Order Criminal Intent Faithfully S08E05

Particularmente não gostei muito deste episódio de Criminal Intent, com exceção de seu finalzinho, em que pudemos ver pelo menos uma sombra de alegria em Goren e ele mais uma vez mostrando quem é ao conseguir a verdade de uma criminosa. Da investigação em si não tenho tantas coisas boas para lembrar, apesar de gostar muito da participação de Leland Orser – só eu que olho e vejo Dubenko-Dubenko-Dubenko?

E se vc estranhou o fato das referências de Goren as suas férias só surgirem agora, eu já conto que este seria o primeiro episódio desta temporada, originalmente, com Goren voltando das merecidas férias depois do final pesado da temporada passada.

Confesso ter ficado um pouco perdida com as referências à família dele, já que eu não lembrava dele contando de outros irmãos ou sobrinhos. Apesar de ficar um pouco perdida com esta aparição, como fã do personagem – e do ator – gostei de ver seu sorriso e saber que ele se ligou a sua sobrinha Molly. Depois de tanto tempo sofrendo, só me resta torcer para que ele encontre algo reconfortante em sua vida após a perda de sua mãe e de descobrir a verdade sobre seu pai.

Voltando a investigação da morte do médico de celebridades cuja esposa tinha um caso com o pastor de sua paróquia – desculpem a ignorância, para nós católicos é paróquia, não sei para os evangélicos – também casado. Apesar da solução convidado famoso é o culpado não ter sido usada para solução do crime, ainda assim eu considerei o desfecho bastante previsível.

Talvez a culpa tenha sido de Janel Moloney. Acredito que ela não tenha acertado a dose de loucura de sua personagem, aquelas expressões em seu rosto denunciaram, logo de saída, que algo não ia bem.

Era óbvio o envolvimento do Kevin, assim como o fato dele estar sendo manipulado por Allison. Até mesmo o fato dele morrer no meio do percurso era de se esperar, já que era um rapaz problemático e com um passado de envolvimento com drogas.

Apesar de tudo, a última parte do episódio foi excelente, com Goren mais uma vez dando show trazendo à tona a verdade sobre a manipulação de Allison e seu jogo duplo e com o pastor deixando a esposa, que repetia insistentemente estar fazendo um trabalho de Deus.

É, em nome do Senhor alguns acham fácil cometer crimes.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

5 Comentários


  1. Para mim ele sempre será o Dubenko também. Assim como a Janel é a Donna.

    Eu também lembro de ter achado esse episódio um tanto quanto prevísivel, mas lembro de ter gostado da atuação da Janel.

    Responder

  2. Vc sabe porque eles mudaram a ordem de exibição? Ficou meio sem sentido, como ele havia acabado de voltar das férias, com Eames perguntando sobre como foi a viagem, se eles já haviam se visto no episódio anterior?
    Quanto à família, nunca haviam mencionado nada sobre outros irmãos, pelo contrário, sempre nos foi deixado claro que havia apenas um irmão. Lembro que em algum episódio, foi mencionado que o irmão de Goren havia sido casado, mas nunca se falou nada sobre sobrinhos. Afinal a mãe dele passou meses no hospital e nunca apareceu qualquer outro parente. Ficou esquisito, dá impressão que inventaram de ultima hora e a gente tem que engolir.
    Quanto ao episódio, nada muito memorável, mas nunca um episódio de “Criminal Intent” pode ser considerado ruim, sempre tem algo bom não é?

    Responder

    1. Oi Ivonete,

      Não sei mesmo, só sei que ele era o primeiro episódio até a USA ter adiado a estréia pela primeira vez, quando mudaram a ordem. Mas ficou muito ruim, realmente sem sentido.
      E fico feliz de não ser a única a não ter entendido esse surgimento de família para o Goren, li vários reviews internacionais e ninguém cita isso, eu já estava achando que eu estava ficando louca ou esquecida.

      Responder

  3. Oi, Simone.
    Obrigada pelas respostas que me deu no teleséries! E já tô te seguindo por aqui! eheheh
    Claro que a gente olha pro Leland e pensa: Opa, o que o Dubenko tá fazendo aqui?!?! Depois do fechamento do ER ele virou pastor?!?! eheheh Engraçado como tem personagens que marcam mesmo! Não tem jeito!
    Bah, LOCI eu adoro. Adoro o Goren, acho ele muito inteligente a fiquei feliz de ver esse lance de família dele! Embora, meio mal contado, o que importa é vê-lo feliz!
    Eu não gosto muito da outra dupla de protagonistas e acabei dando sorte. Eu trabalho uma noite sim, uma não e coincidentemente as noites que estou em casa são Goren/Eames! Felicidade total!!!
    Fui que daqui a pouco começa o episódio! Beijokas.

    Responder

Deixe uma resposta