Damages: Burn It, Shred It, I Don’t Care (02×02)

damages-s02e02

A cada episódio, algo novo acontece, e acabamos pensando que se o mundo não é pequeno, pelo menos a cidade de Nova Iorque é. Todos acabam se conhecendo e se envolvendo, em diferentes níveis. E, para um episódio do qual eu já estava meio de saco cheio lá pela metade, até que ele entregou muita coisa em seus minutos finais:

Wes, o carinha bonitinho-mas-stalker do grupo de apoio de Ellen tem alguma ligação com Frobisher, e não é uma ligação das mais saudáveis. Ele não conheceu Ellen por acaso, ele sabia muito bem de quem ela queria se vingar e, ao que tudo indica, ele também busca vingança, o motivo a gente não sabe, mas o arsenal ele já preparou.

Daniel Purcell é a cara do filho de Patty Hewes, ou melhor, o filho de Paty é a cara dele. E ele percebeu. A reação de Paty também deixou isso muito claro. Algo me diz que Paty ainda pode pagar meio caro por este segredo. E Purcell tem um caso com a advogada da empresa que pode ter mandado matar sua esposa. Poxa, por essa nem eu esperava. Fica no ar: Purcell ‘émocinho ou bandido? Ele se aproximou de Paty para poder se livrar da esposa e ter uma desculpa?

damages_1282

Se era isso ele acabou arrumando problema, já que ele não podia imaginar que Patty ia vazar a informação sobre os documentos, ou seja, pode sobrar para ele.

Tom escapa por pouco da armadilha do FBI, porque Paty descobre tudo e o impede de fazer besteira.  Agora, se Paty  é esperta como achamos ela sabe que existe mais por trás daquela carinha de pânico da Ellen quando recebe o envelope com o ultrassom. Mesmo porque, confio no trabalho do Tio Pete e com Ellen se encontrando com o pessoal do FBI a toda hora ele nem precisa fazer esforço para descobrir alguma coisa.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Bem, que o carinha bonitinho tinha algum segredo, já percebi logo de início. Aliás morre um noivo bonito aparece outro bonito, que maravilha é o mundo da ficção…
    Esse mole que a Ellen dá encontrando o pessoal do FBI toda hora, se a Patty não descobrir isso logo, taí um grande furo!
    Aliás, não me admira se logo um dos agentes do FBI também for amigo da Patty.
    Acho que não existe série com tantos mentirosos como Damages

    Responder

Deixe uma resposta