Maysa – Quando Fala O Coração (Capítulo 01)

maysa1

“Eu só digo o que penso, só faço o que gosto e aquilo que creio. E se alguém não quiser entender e falar, pois que fale”

Maysa, na letra da canção Resposta

Em janeiro de 1977 Maysa Matarazzo faleceu em um acidente de carro na ponte Rio-Niterói. Alguns atribuem sua morte ao abuso de remédios para inibir o apetite, mas nada foi comprovado. Ela estava afastada da bebida, que tornou boa parte de sua vida mais triste e difícil, após a difícil decisão de realizar uma cirurgia para a implantação de uma pastilha de Antabuse que a faria passar mal caso ingerisse álcool.

Eu tinha, então, pouco mais de seis meses de idade e meu contato com a cantora foi através dos poucos LPs de minha mãe, que se restringiam basicamente a Maysa, Elis, Clara Nunes e Beatles. Hoje olho para as pilhas de CD de meu marido e fico pensando como o mundo mudou.

Em 2007 a Editora Globo lançou uma biografia da cantora, baseada nos muitos diários escritos desde a adolescência e com fotos do acervo de Jayme Monjardim, seu filho (que você pode adquirir aqui), que nos apresenta as várias facetas de uma mulher que acabou tornando-se sinônimo de tristeza e solidão.

“Há gritos incríveis dentro de mim, que me povoam da mais imensa solidão”

Maysa, em uma das passagem de seus diários

A minissérie de Manoel Carlos, com direção de Monjardim, começa pelo acidente – li no Estadão que Monjardim não gostaria que a minissérie terminasse com o acidente porque não gostaria que as pessoas ficassem com isso em sua lembrança – e retoma a vida de Maysa em um ponto crucial: sua separação de André Matarazzo, quando sua carreira artística realmente foi iniciada.

É a Maysa que descobre o sabor do sucesso que se lembra de sua infância, quando, apenas aos cinco anos de idade, foi pedida em casamento por André Matarazzo, 17 anos mais velho. Quando ela relembra sua adolescência fica mais evidente a conflituosa personalidade da cantora.

Nascida em São Paulo – seus pais se mudaram do Espírito Santo porque a família de sua mãe se opunha ao casamento devido ao espírito boêmio de seu pai, o qual ela herdou, sem sombra de dúvida – morou ainda no Rio de Janeiro e em Bauru, interior paulista.

A família ainda tentou lhe dar uma educação tradicional, mas Maysa foi rebelde desde cedo e foi reprovada por notas e comportamento em diferentes escolas, tendo sido, inclusive, recusada pelo Colégio Mackenzie por seu currículo.

O pedido de André Matarazzo tornou-se casamento quando ela tinha apenas 17 anos. Vemos que a família inicialmente tentou afastar Maysa e André, mais a mãe que o pai, mas acabou aceitando a união do casal.

Manoel Carlos contou em entrevista que a minissérie não seguiria uma linha temporal tão exata e talvez aí ele encontre a maior dificuldade com os telespectadores: quem não conhece a história da cantora pode ter dificuldade em acompanhar e, mesmo quem conhece, pode se cansar das idas e vindas

Na época em que estava grávida de Jayme, Maysa foi procurada por um produtor musical que queria lançá-la e pediu que este esperasse um pouco, mas ela mesma não agüentou e o menino nem tinha um ano quando ela lançou seu primeiro disco. As cenas do primeiro episódio, quando ela recebe a visita de André no Rio de Janeiro, se possam quando ela tinha dois anos de casada.

Ronaldo Bôscoli, com quem virá a se relacionar amorosamente, aparece de relance, quando é dispensado por Maysa após ter se atrasado para entrevistá-la.

Larissa Maciel, atriz estreante escolhida entre mais de duzentas candidatas, está perfeita no papel, se revelando com muito futuro. Ainda na entrevista para o Estadão o próprio Jayme comenta sobre a semelhança entre as duas apontando para uma foto de sua mãe e dizendo: “Mas essa é a Larissa”.

61402post_foto

Gostei muito do primeiro episódio e gostaria de assistir até o último episódio, até por minha paixão pela cantora, mas semana que vem o seriado será exibido somente após o Big Brother e posso acabar vencida pelo sono.

Quem ficou curioso e quiser saber mais sobre a produção da minissérie pode acessar o site no portal da Globo.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

17 Comentários


  1. Eu fico possessa com as minisséries ficarem para depois do Big Brother. Eu vou tentar acompanhar já que não estou trabalhando. Quem sabe não aparece em algum lugar para baixar? Gostei bastante apesar de concordar que contar a história de uma forma não cronológica pode fazer com que as pessoas se percam. Principalmente quem não está acostumado com esse tipo de narrativa.

    Minha avó adorava cantar Maysa e Elizete Cardoso. Eu realmente fiquei muito interessada em acompanhar a história dessa mulher que cantava a tristeza como poucos.

    Responder

      1. Muito boa essa época, quando esse link funcionava. Mas aí já se vão dez anos…

        Responder

  2. estou adorando a minisserie, a semelhança impreciona… quas eperfeita! ja ouvi falar muito em maysa, so nao sabia de detalhes da sua vida, na decada de 60, ela foi uma mulher alem do seu tempo… estou adorando… adriana paiva -maceio-al

    Responder

  3. estou adorando a minisserie. a semelhança impressiona…. quase perfeita! ja puvi falar muito em maysa,só não sabia de detalhds de sua vida, na decada de 60, ela foi uma mulher além do seu tempo…estou adorando… ainda bem que nao temos horario de verão… ja que semana que vem começa o bbb! adriana paiva- maceio alagoas

    Responder

  4. Tati e Naomi: torrent não apareceu, mas parece que tem para download no Series Br. Eu tenho um pouco de receio. Capitu teve torrent dos primeiros três episódios, depois não teve mais. Ainda bem que esperei para ver, economizei tempo, risos, ia ficar com raiva se assistisse 03 episódios e fosse obrigada a parar.

    Apesar de que não estava tão afim assim de ver, ao contrário de Maysa.

    Adriana: ela foi uma mulher marcante, sem sombra de dúvida.

    Responder

  5. Quando a Globo quer fazer um trabalho legal, ela faz.
    A minissérie de 30 pontos de audiência.
    Prova que nem só de BBB vive o povão…

    Responder

  6. OOI EU GOSTO MUITO DA MINISERIE CONFESSO QE NAO ASSISTI NOS PRIMEIROS DIAS
    MAS TEVE UM CERTO DIA TAVA SEM SONO E COMEÇEI A ASSISTIR ADOREI E HJ NAO PERCO NENHUM DIA E MUITO SHOW!!!
    O QE EU MAIS GOSTO E DOS OLHOS DE MAYSA FALA TUDO E LINDO ADORO ESSA MINISERIE
    TA ADORO
    TUDDOO!!

    Responder

  7. gostaria de saber como foi o 1º capitulo pois ñ deu para assistir os demais ñ perdi Obrigado

    Responder

  8. Olha eu acho que Mayasa é a melhor cantora desde serpis ! adoro sua musica meu mundo caiiu!

    Responder

  9. vcs deviam prestar mais atenção nais coisas qe ela fala pois só é verdade !!!!!!!!!!!!!!!

    Responder

  10. Alguém sabe o Link, que tem os capítulos ( Vídeo) da minissérie Maysa acessei uma vez e não consegui mais, se alguém souber manda aiiiiii… Bjussssssss!!!!

    Responder

  11. Acheeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii……………………..

    Responder

  12. Depois que começou a merda do big bosta não assistí mais a minisserie.

    Responder

  13. Adorei a minissérie, como adorei q comprei o dvd e o cd, que assisto todo dia qnd ela canta NE ME QUITE PAS, todo o final de semana assisto, pois adoro as músicas:

    Resposta
    Tarde Triste
    Adeus
    Ouça
    Franqueza
    O Que
    Se Todos Fossem Iguais a Você
    To The Ends Of The Earth
    Bronzes e Cristais
    Por Causa de Você
    Suas Mãos
    Bom Dia Tristeza
    Eu Sei Que Vou Te Amar
    Hino Ao Amor
    Meu mundo Caiu
    Demais
    Dindi
    Ne me quitte pas
    I love Paris

    Larissa Maciel! Melhor atriz!!!!
    Linda!!!

    Responder

Deixe uma resposta