Brothers&Sisters: No Act Of Will (01×02)

 

Brothers&Sisters 01×02

Dei uma segunda chance para Brothers&Sisters, claro que o horário da reprise do domingo ajudou, e até que eu gostei. Tudo bem, ainda é meio dramalhão demais, novelão demais, mas o seriado ficou mais simpático.

Depois de você passar o primeiro episódio todo esperando pela morte do patriarca, que todo mundo já sabia que ia acontecer então você meio que não presta atenção no episódio, no segundo você tem oportunidade de ver a vida da família indo em frente.

Katty aceita o emprego e volta para casa, literalmente, ela achando que vai ajudar a mãe a superar a morte do marido, a mãe achando que precisa deixá-la voltar para ajudá-la a superar a morte do pai e o fim do relacionamento.

Justin cada vez mais perdido, falta uma semana ao trabalho e sabemos lá o que ele anda fazendo da vida. Mas isso rendeu a melhor cena do episódio, começando pela mãe indo atrás de Katty na emissora para que ela vá com ela atrás do garoto, rendendo um bom diálogo com o companheiro de tela de Katty, que nós já sabemos que será seu par romântico em algum momento, e continuando até o apartamento de Justin, quando a mãe expressa sua opinião sobre a namorada também descabeçada do garoto, matando Katty de vergonha.

Outro momento legal foi quando Katty finalmente fala para a mãe algo engasgado em sua garganta: ela responsabiliza a todos por tudo (Katty por Justin ter ido para a guerra, o irmão advogado por não ter avisado que Justin ficará fora do testamento), mas nunca assume sua parte nisso tudo.

Poxa, conheço tanta gente assim e eles me irritam tanto que isso acabou gerando uma identificação entre mim e Katty (o fato de eu ser conservadora e de direita, seria Republicana se fosse americana, também ajuda).

Well, Sarah acaba como presidente da empresa, gerando frustração no seu irmão, no seu marido e não sei em quem mais… Acho que nela mesma, mas no caso dela frustração porque ela queria isso, mas se sente culpada demais com todo o resto para fazê-lo devidamente.

Não, não vou me matar e ficar acordada até a meia-noite para acompanhar, mas se estiver em casa no domingo vou dar uma olhada, com certeza. Quem sabe uma hora dá liga…

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

9 Comentários


  1. O começo de “Brothers & Sisters” não é tão bom, mas depois a temporada melhora bastante, especialmente após o oitavo episódio. Sei que a trama tá parecendo um pouquinho chata, mas não deixe de acompanhar, hehehe.

    Até mais!

    Responder

  2. é isso ai Si que Vinicuis falou, esses primeiros episódios serão bem dramáticos, mas depois a série encontra o tom certo. eu diria que Brothers and Sisters está em igualdade com Grey’s Anatomy. a vantagem de B&S é que eles deixam claro que é um drama familiar enquanto Greys diz que é Um drama médico, o que sabemos que não é. Porém Greys tem melhores personagens enquanto B&S tem melhores atores. sério, é uma briga boa.

    Responder

  3. Mas Grey’s nas primeiras temporadas ou na última (argh)?

    E Grey´s não é drama médico nem aqui nem na China. Drama médico é ER, House, Chicago Hope…

    Si

    Responder

  4. Eric,

    Fica não!

    Eu adoro GA, com exceção do fim da última temporada, mas ele não é um drama sobre a tensão das pessoas no hospital, sobre doenças, sobre se salvar pessoas no último instante, ele é sobre o relacionamento de uma série de pessoas, que trabalham em um hospital.

    Si

    Responder

  5. Simone, eu vi o episódio de ontem da série e foi bem melhor, teve um excelente toque de humor.
    Dá uma conferida.

    Responder

  6. tbém não é assim…lixo não!! Mas B&S tá em outra categoria outro nivel. Sejamos educados!

    Responder

Deixe uma resposta