42ª Mostra vai exibir 19 filmes pré-indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro

A seleção de filmes da 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo traz 19 obras indicadas por seus respectivos países para concorrerem a uma vaga no Oscar® 2019:

Brasil – O Grande Circo Místico, de Carlos Diegues

Polônia – Guerra Fria, de Pawel Pawlikowski

Portugal – Peregrinação, de João Botelho

Turquia – A Árvore dos Frutos Selvagens, de Nuri Bilge Ceylan

Islândia – Uma Mulher em Guerra, de Benedikt Erlingsson

Coreia do Sul – Em Chamas, de Chang-Dong Lee

Eslovênia – O Intérprete, de Martin Šulík

Japão – Assunto de Família, de Hirokazu Koreeda

Líbano – Capernaum, de Nadine Labaki

Dinamarca – Culpa, de Gustav Möller

Romênia – Eu Não Me Importo se Entrarmos para a História como Bárbaros, de Radu Jude

Argentina – El Ángel, de Luis Ortega

Camboja – Túmulos Sem Nome, de Rithy Pahn

Luxemburgo – Gutland, de Govinda Van Maele

Egito – Yomeddine, de A. B. Shawky

Macedônia – O Ingrediente Secreto, de Gjorce Stavreski

Tailândia – Malila: A Flor do Adeus, de Anucha Boonyawatana

México – Roma, de Alfonso Cuarón

Áustria – A Valsa de Waldheim, de Ruth Beckermann

Entre os festivais estrangeiros, a 42ª Mostra, traz filmes premiados em Cannes, como Assunto de Família, de Hirokazu Koreeda, que recebeu a Palma de Ouro, o novo filme de Jean-Luc Godard, Imagem e Palavra, que recebeu a Palma de Ouro Especial, Infiltrado na Klan, de Spike Lee, que recebeu o Grande Prêmio do festival, o longa Guerra Fria, que rendeu a Pawel Pawlikowski o prêmio de melhor diretor, 3 Faces, de Jafar Panahi, que recebeu o prêmio de melhor roteiro,Capernaum, de Nadine Labaki, que levou três prêmios no evento: do júri, do júri ecumênico e de cidadania, a coprodução brasileira e portuguesa, Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, dirigido por Renée Nader Messora e João Salaviza, que recebeu o prêmio do júri na mostra Um Certo Olhar, e Sofia, escolhido como melhor roteiro na mostra Um Certo Olhar.

Há também filmes que se destacaram no Festival de Veneza, como Roma, de Alfonso Cuáron, que recebeu o Leão de Ouro, e encerra a Mostra no dia 31, e A Favorita, de Yorgos Lanthimos, vencedor do Grande Prêmio Especial do Júri e da Copa Volpi de Melhor Atriz para Olivia Colman, que abre a 42ª edição do evento.

O Festival de Berlim também marca presença na MostraNão Me Toque, de Adina Pintilie, que recebeu o Urso de Ouro e o prêmio de Melhor Primeiro Filme, O Rosto, de Malgorzata Szumowska, vencedor do Urso de Prata, e A Valsa de Waldheim, de Ruth Beckermann, que recebeu o prêmio de melhor documentário.

Os premiados no Festival de Locarno que estão na 42ª Mostra são: Uma Terra Imaginada, de Yeo Siew Hua, que recebeu o Leopardo de Ouro e o Prêmio Ecumênico do Júri, O Hotel Às Margens do Rio, Prêmio de Melhor Ator para Joo-Bong Ki,Tarde para Morrer Jovem, que rendeu a Dominga Sotomayor Castillo o prêmio de melhor direção, Infiltrado na Klan, de Spike Lee, que recebeu o prêmio do público, e Ray & Liz, que levou o prêmio especial do júri.

Entre os filmes que foram premiados em Sundance estão O Mau Exemplo de Cameron Post, de Desiree Akhavan, que recebeu o Grande Prêmio do Júri de drama, Sobre Pais e Filhos, de Talal Derki, outro Grande Prêmio do Júri, mas na categoria documentário, Isto É Um Lar: Uma História de Refugiados, de Alexandra Shiva, que levou o Prêmio do Público de melhor documentário e Culpa, de Gustav Möller, Prêmio do Público de melhor filme dramático.

Site: www.mostra.org

Facebook: http://www.facebook.com/mostrasp/

Twitter: @mostrasp

Instagram: @mostrasp

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *