As séries europeias no Mais Globosat Play

Desde que os canais do grupo Globosat, como Universal e Syfy, passaram a oferecer seu conteúdo por demanda através do Mais Globosat Play eu já sou uma grande usuária do serviço, o que apenas aumentou quando eles começaram a estrear na plataforma séries que apenas depois chegam à TV. Além disso, ao longo do caminho o aplicativo foi bastante melhorado – ainda que uma vez ou outra ainda feche sem motivo ou não permita a seleção de legenda e áudio – e hoje ele roda tanto em tablets como em smart tvs (viu, HBO Go?).

E hoje eu resolvi separar algumas séries europeias menos badaladas, mas que tem bastante charme, para indicar para vocês – sem esquecer que já falei aqui , mais de uma vez, da minha queridinha Vitória, com duas temporadas disponíveis.

El Príncipe: Amor e Corrupção é especialmente indicado para quem ficou fã de La Casa de Papel e ainda conta com o galã Álex González, ator de “X-Men: Primeira Classe”, no papel principal.

A trama da série, que se passa na região espanhola de Ceuta, fronteira com o Marrocos, é centrada na investigação de policiais corruptos por parte do serviço secreto nacional. Estes policiais, em busca de mais dinheiro, estariam colaborando com terroristas. Para descobrir a verdade o serviço secreto coloca seu melhor agente, Javier Morey (González) infiltrado na polícia.

A série tem duas temporadas disponíveis, em um total de 31 episódios.

A também espanhola Velvet – Costuras de Amor chegou a plataforma com suas quatro temporadas completas e me encantou tanto quanto Tempo Entre Costuras (de que já falei aqui e que está disponível na Netflix): a história se passa entre as décadas de 50 e 60 e tem como pano de fundo o auge da alta costura espanhola. Protagonizada por Miguel Ángel Silvestre – nosso querido, amado e lindo Lito Rodriguez de Sense8 -, conta a história de amor entre Ana (Paula Echevarría) e Alberto (Silvestre), que cresceram juntos, inseparáveis, mas veem seu romance sofrer ameaças e muitos percalços.

Ele, herdeiro da Velvet, uma loja de moda de prestígio; ela, uma bela e talentosa costureira do estabelecimento. Recheadas de ganância, moda e estilo, drama e ciúmes, as quatro temporadas (55 episódios) estrearam no Mais Globosat em maio e foram exibidas de segunda a sexta.

O que chama atenção na história de Velvet é seu pano de fundo: o auge da alta costura, quando nomes importantes da criação de moda como os espanhóis Cristobal Balenciaga, considerado o arquiteto da costura, e Manuel Pertegaz Ibáñez, um dos principais estilistas do mundo na década de 60, transformaram esta época na mais sofisticada de todas. A série viaja por esse universo e apresenta todo o glamour do mundo da moda. Os telespectadores são capazes de mergulhar em todo o processo de produção de uma coleção, desde a preparação em suas oficinas até a venda.

A responsável por trazer todo o charme e moda da época à série é a figurinista Helena Sanchís. As horas de pesquisa em acervos combinadas com a extensa experiência de trabalho como designer de figurinos resultaram em uma obra repleta de detalhes minuciosos. Entre peças confeccionadas sob medida para os protagonistas e as roupas utilizadas pelo elenco de apoio, o closet de “Velvet” chega a aproximadamente 1.000 peças.

The Missing foi badalada… Em sua primeira temporada. Talvez pelo formato de troca de elenco e crime a cada temporada, talvez por conta do espaço entre suas temporadas (a primeira em 2014, a segunda em 2016 e a terceira prevista apenas para 2019), questão é que sua segunda temporada não parece ter feito barulho.

A produção (uma parceria entre estúdios americanos, belgas, ingleses e franceses) é centrada na investigação de um desaparecimento por temporada.

Enquanto na primeira o detetive Julien Baptiste (Tchéky Karyo, de O Patriota e Bad Boys) investiga o desaparecimento do menino Oliver, de apenas 5 anos, enquanto seus pais, Tony and Emily Hughes (James Nesbitt Frances O’Connor) vivem o pior pesadelo em suas férias na França. A história é contada em duas linhas temporais diferentes, já que o crime levou anos para ser solucionado.

Na segunda temporada, Baptiste abandona sua sua aposentadoria ao saber de novidades de um caso antigo: Alice Webster (Abigail Hardingham) é uma jovem britânica que foi raptada há 11 anos e agora reaparece deixando perguntas não respondidas. O emocionante e turbulento reencontro da jovem com seus pais Sam (David Morrissey, de The Walking Dead) e Gemma (Keeley Hawes, de Efeito Dominó e Morte no Funeral) traz à tona enigmas ainda não desvendados sobre seu sequestro.

Baptiste é o único personagem remanescente da primeira temporada.

Poldark deve agradar os fãs de Outlander: Ross Poldark (Aidan Turner) volta derrotado para Cornwall, Inglaterra, depois de lutar por três anos na Guerra da Independência Americana. Sua família e seus amigos pensavam que ele estava morto, a mulher com quem se casaria agora está noiva de seu primo, seu pai está morto e a propriedade que herdou foi abandonada e deteriorou.

A crise em verdade toma conta do local: pescadores não estão encontrando peixes, minas de estanho e cobre estão fechando por conta dos preços baixos enquanto o preço da comida e do aluguel estão altos. Ross precisa fazer com que sua terra volte a prosperar, cuidar dos inquilinos que dependem dele e decidir se lutará pela mulher que amava ou partir para outra.

A produção recebeu mais de 20 indicações em diferentes premiações, tendo conquistado o British Academy Television Award (BAFTA Television Award) de melhor série em 2016, o TV Choice Award UK, como Melhor Série Dramática pela Celtic Media Festival e uma premiação pela maior audiência de 2016 pela Academia Britânica de Cinema.

Por último, mas com certeza não menos importante, a minha britânica queridíssima Boardchurch.

A série é estrelada pelos ótimos David Tennant e Olivia Colman nos papéis dos detetives Alec Hardy e Ellie Miller. A trama se passa na pequena e pacata cidade litorânea Boardchurch, onde o assassinato do menino Danny Latimer (Oskar McNamara) assusta a todos. Hardy, um homem problemático e de poucos amigos, chega à cidade após ter sido quase afastado em definitivo da polícia por conta da investigação da morte de uma menina e acaba por impedir Miller de receber sua promoção.

Não bastasse a relação começar errada assim, a investigação é sempre prejudicada pelos laços que ligam todos os moradores locais – inclusive Miller e os pais do menino morto.

A segunda temporada tem duas tramas em paralelo: o julgamento do culpado pela morte do menino e a tentativa de Hardy de proteger a principal testemunha do caso que quase acabou com sua carreira.

Já a terceira temporada inicia-se três anos depois e o detetive Hardy e Miller desta vez investigam o estupro de uma mulher de Trish Winterman, de 49 anos, que lança a pequena cidade em uma nova crise.  Trish teria sido estuprada em uma festa, dois dias antes de procurar a polícia. Em choque, a moradora da cidadezinha não consegue dar mais detalhes para a polícia, mas aos poucos as peças desse quebra-cabeça começam a se encaixar. A atriz que interpreta Trish é Julie Hesmondhalgh que atuou durante 15 anos na novela britânica “Coronation Street”, exibida desde os anos 1960.

*****

Os episódios destas séries estarão disponíveis para o assinante a qualquer hora, em qualquer lugar, sem custo extra. Basta acessar o Mais Globosat Play –maisglobosatplay.com.br  – serviço de TV everywhere, na SmartTV, no computador ou em aplicativos para celulares e tablets. Os conteúdos também podem ser assistidos através dos serviços sob demanda das operadoras: Net NOW, Vivo Play, e Oi Fibra.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

5 Comentários


  1. Eu simplesmente amei Poldark, devorei as 3 temporadas em pouco tempo pelo NOW.
    Outra que fiquei muito feliz de ver foi a 3 temporada de Broardchurch, assisti a 1ª temp pelo GNT já a 2ª o Globosat exibiu mas demorou muito chegar enfim a 3ª.
    O interessante do serviço é que as séries são disponibilizadas ao mesmo tempo tanto pela internet como pelo NOW.
    Outras duas que assisto e indico são Sharif e El Ministerio del Tiempo, a primeira é Francesa e a sua Espanhola.
    Versailles também está disponível as 3 temporadas pelo NOW e indico.

    Responder

  2. Adorei a lista, vou iniciar El príncipe. Outras duas que indico são: Sharif e Disparue.

    Responder

  3. Indico também A Ponte (Bron/Broen). Já tem todas as 4 temporadas disponíveis.

    Responder

  4. Boas dicas, ultimamente tenho assistido umas bem interessantes: O método de um Assassino e Disparue (desaparecidos).

    Responder

  5. El Príncipe: Amor e Corrupção – AINDA NÃO ASSISTI.

    Velvet – Costuras de Amor – JÁ ASSISTI ALGUMAS SÉRIES ESPANHOLAS COMO: O TEMPO ENTRE COSTURAS E TEMPOS DE GUERRA (ACHEI AS SÉRIES BEM BACANAS, MAS COM FINAIS FRUSTRANTES, COMO QUE FEITO ÀS PRESSAS, NÃO GOSTEI)E POR ISSO ESTOU TEMEROSA EM ASSISTIR “VELVET”.

    The Missing – ADOREI A PRIMEIRA TEMPORADA – “já que o crime levou anos para ser solucionado.” – SOLUCIONADO NO QUESITO DO SEQUESTRADOR, MAS NOVAMENTE ME FRUSTREI COM A SITUAÇÃO DO PAI SENDO LEVADO DA PORTA DO SUPOSTO FILHO. GOSTEI TB DA 2ª TEMPORADA.

    Poldark – AMOOOOOOO – TUDO PERFEITO!!

    Boardchurch – ADOREI A 1ª TEMPORADA, ENTRETANTO A 2ª TEMPORADA, FOI TUDO TÃOOOO CHHHAAAATTTTOOOOOOO.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *