Festival Varilux de Cinema Francês turbinado em 2018: 61 cidades, 21 filmes e 3 aberturas

A maratona de filmes franceses já tem data marcada: de 7 a 20 de junho, cerca de 61 cidades brasileiras recebem o Festival Varilux de Cinema Francês de 2018. O evento, que no ano passado conquistou o ranking de maior festival de cinema francês do mundo ultrapassando o da Austrália, Alliance Française French Film Festival, levou 180 mil pessoas aos cinemas apontando um crescimento de 15% em relação ao ano anterior. Em 2018 serão 21 longas-metragens da nova safra da cinematografia francesa, entre eles um clássico e um documentário a serem confirmados em breve. O público terá a oportunidade de assistir aos mais novos trabalhos de cineastas, astros e estrelas já consagrados e também de premiados jovens talentos que imprimem diversidade e originalidade ao cinema francês.

A identidade visual da edição 2018, assinada pela Dínamo Design, é inspirada no cartaz do filme O Amante Duplo (L’amant double), de François Ozon, com Marine Vacth e Jérémie Rénier, uma das produções que integram a programação. O ator e diretor Jérémie Reniér virá ao Brasil para prestigiar o Festival. Além de protagonizar O Amante Duplo, interpretando dois papéis, ele assina ao lado do irmão Yannick Rénier, que também confirmou presença no país, o drama Carnívoras, outro filme do Festival, sobre a relação conflituosa entre duas irmãs atrizes. Aos dois, se juntará a atriz do longa Zita Hanrot. Os outros nomes que integrarão a delegação artística francesa serão anunciados, em breve.

A abertura em São Paulo será dia 6 de junho com a presença da delegação artística, formada por diretores e atores. O Rio de Janeiro receberá os artistas a partir do dia no dia 7. Antes disso e pela primeira vez fora do eixo Rio/São Paulo, o Festival Varilux levará parte da delegação para o Nordeste: Salvador ganhará uma pré-estreia do evento no dia 4 de junho.

Pela primeira vez, o Festival, em parceria com a UnifranceFilms, apresentará uma seleção de sete curtas-metragens franceses, demonstrando dessa forma a diversidade e a criatividade da narrativa audiovisual da França. O Varilux promoverá também, pela segunda vez, uma Mostra de Realidade Virtual com curadoria do cineasta e especialista francês Fouazi Louahem, que também ministrará uma e Masterclass de Realidade Virtual.

Além da exibição dos filmes, as atividades paralelas contemplam debates com os integrantes da delegação, ações e sessões educativas, laboratório franco-brasileiro de roteiros sob a coordenação de François Sauvagnargues, especialista de ficção e diretor geral do FIPA (Festival Internacional de Programação Audiovisual) – que está com inscrições abertas – e também um encontro entre profissionais franceses e brasileiros do audiovisual.

O evento tem patrocínio principal da Essilor/Varilux, Ministério da Cultura por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

Mais informações em: http://variluxcinefrances.com/2018/

Facebook: Festival Varilux de Cinema Francês (/variluxcinefrancês)

Instagram: @variluxcinefrances

Youtube: Festival Varilux de Cinema Francês.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *