Cinema: A Vilã

Uma mulher treinada desde a infância para ser uma assassina sanguinária aceita um acordo de trabalho que a libertará do árduo ofício depois de dez anos de serviço. No entanto, mesmo depois de cumprir a missão e começar a viver o que seria uma rotina normal, dois homens aparecem e a colocam de frente com seu passado. Esta é a história de A Vilã (Ak-Nyeo / The Villainess), filme sul-coreano que chega neste dia 23 de novembro (quinta) aos cinemas.

A premissa lembra bastante Nikita – Criada Para Matar (1990), icônico filme de Luc Besson, e segue essa linha acrescentando mais sangue e mais drama. Já nos minutos iniciais temos uma cena de luta de tirar o fôlego, mostrada na perspectiva de primeira pessoa, como em um video game, algo que impressiona bastante.

Sook-hee, a vilã do título, interpretada por Ok-bin Kim, é uma arma humana e a violência gráfica do filme é de deixar de queixo caído. Ok-bin, aliás, estudou artes marciais antes de virar atriz e até então nunca tivera chance de mostrar suas habilidades. Se pode ver que ela é a escolha perfeita para o papel.

Combinando história de vingança, melodrama de novela e ação desenfreada, o filme tem a direção de Jung Byung-gil, responsável pelo excelente policial “Confissão de Assassinato” (2012) e foi aplaudido de pé no Festival de Cannes deste ano. Byung-gil também assina o roteiro.

A  história da jovem que é treinada para se tornar assassina profissional de uma agência secreta traz também toques inesperados de romance, como em um alívio para tantas cenas pesadas de ação e violência. É nesse momento que Sook-hee, e o filme em geral, se humaniza e traz um propósito final. É uma história triste, afinal de contas, ainda que violenta até o último minuto.

Para quem curte filmes de ação, se trata de um filme obrigatório neste ano.

Com direção de Byung-gil Jung e roteiro de Byung-gil Jung e Byeong-sik Jung, “A Vilã” traz no elenco Ok-bin Kim, Ha-kyun Shin, Jun Sung, Seo-hyeong Kim, Eun-ji Jo e Ye Ji Min. A distribuição no Brasil é pela Paris Filmes, tendo estreia nacional prevista para 23 de novembro.

Gostou do Texto?

Cadastre seu email e receba novos
textos por email:

Um comentário em “Cinema: A Vilã”

  1. Sara
    Sara 22/11/2017 em 11:26 am

    Jung Byung difícil mente erra a mão. Gosto muito de quase todos os filmes dele. Esse já entrou na lista.

Deixe seu Comentário