History estreia produção nacional Guia Politicamente Incorreto neste sábado, 21 de outubro

E O Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil foi publicado em 2009. Escrito por Leandro Narloch, ex-jornalista da revista Veja e editordas revistas Superinteressante e Aventuras na História, o livro defende que parte das máximas defendidas por estudiosos da história do Brasil são irreais ou distorcidas.

Claro que o livro gerou muita polêmica, sendo criticado por historiadores em muitos pontos, que dizem que Narloch deturpou a história. Só que ele também foi bastante elogiado:  filósofo Luiz Felipe Pondé diz que ele é bem documentado, enquanto o escritor Nelson Motta defendeu que a obra seja adotada pelas escolas públicas “para educar os educadores.”

Parece que o “falem bem ou falem mal, mas falem de mim” funcionou bem neste caso: o livro se manteve nas primeiras posições dos mais vendidos de sua categoria por meses consecutivos e gerou duas continuações, um sobre a história mundial e outro sobre a história da economia brasileira.

E agora também virou programa de TV: com estreia neste sábado, dia 21 de outubro, às 21h45, a Série Guia Politicamente Incorreto pretende falar dos fatos da história nacional com bom humor e de forma bastante moderna.

A série é baseada no livro e é apresentada por Felipe Castanhari, Youtuber que mantém o Canal Nostalgia – um dos meus favoritos na rede, sem mentira – e conta com entrevistas com muitos convidados especiais, como o já citado Pondé, e também com Milton Nevez, Nelson Motta e Ricardo Boechat. Castanhari contou, ainda, com a assessoria de seu “historiador particular”, Caio Vinícios, que já o acompanha há bastante tempo nos vídeos.

A ideia é que Castanhari funcione como o “questionador” e que as entrevistas, vídeos e pesquisas contem as versões da história, aquela que conhecemos na escola e a alternativa, vamos chamar assim. Isso de forma não linear, ou seja, não teremos um avanço episódio a episódios pela história nacional, algo um pouco mais anárquico definiu como serão exibidas as quase oito horas de material que compõem essa primeira temporada (das mais de sessenta produzidas).

No episódio de estreia, Brazil com Z, Existia um Brasil antes de 1500?, veremos como as coisas aconteceram por aqui antes da chegada dos portugueses, as guerras, conquistas, animais que viviam por aqui e como os índios cuidavam da natureza. Fala, ainda, sobre a origem oculta de alguns de nossos símbolos nacionais, nas palavras de quem entende do assunto, como Nelson Motta, Lira Neto, Milton Neves e Mauro Betting.

Sério, gente, não dá para perder! Ah, mas Simone, o que esse cara escreveu é bobagem! Não sei, o que eu sei é que o History tomou o cuidado de mostrar dois lados de cada assunto e, aqui entre nós, definitivamente a gente anda precisando relembrar nossa história, né?

P.S. Levei a filha adolescente comigo ao evento de lançamento. Ela saiu dizendo que ficou com vontade de assistir ao programa. Eu não imagino elogio maior para o formato moderno que o programa ganhou.

P.S. do P.S. No canal Nostalgia, Castanhari tem no seu time de roteiristas o Rob Gordon, um dos meus autores favoritos.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *