Agenda na mão: estúdios anunciam principais datas das estreias de suas produções

As principais distribuidoras aproveitaram a Expocine – evento realizado entre os dias 27 e 29 de setembro na capital paulista – para apresentar os seus line-ups ao mercado cinematográfico. Confira os destaques das apresentações de Disney, Fox, Warner, Paris, Downtown, Paramount, Universal, Sony e Diamond:

Disney

Uma Dobra no Tempo (29 de março de 2018), Star Wars: Os Últimos Jedi (14 de dezembro de 2017), Thor: Ragnarok (26 de outubro de 2017), Pantera Negra (15 de fevereiro de 2018), Vingadores: Guerra Infinita (abril de 2018), Os Incríveis (15 de junho de 2018), Homem-Formiga e a Vespa (julho de 2018) e Viva – A Vida é uma Festa (4 de janeiro de 2018) foram os destaques apresentados pela Disney.

O vocalista da banda Jota Quest, Rogério Flausino, marcou presença para divulgar Viva – A Vida é uma Festa. O cantor dará voz ao personagem Gustavo, da nova animação da Disney Pixar. “Fiquei muito feliz com o convite e não vejo a hora de arregaçar as mangas e fazer parte desse filme, que com certeza vai ser muito bacana”, comentou Flausino.

A Disney apresentou cenas não finalizadas de Thor: Ragnarok e de Os Incríveis, além do making-ok de Homem-Formiga e a Vespa. O droide BB-8, de Star Wars, compareceu ao evento em sua versão original, para divulgar a obra às redes de cinema.

Paris e Downtown Filmes

O line-up da Paris e Downtown Filmes contou com Nada a Perder (1 de fevereiro de 2018), Dona Flor e Seus Dois Maridos (2 de novembro de 2017), A Dupla (8 de fevereiro de 2018), Os Parças (30 de novembro de 2017), Fala Sério, Mãe (28 de dezembro de 2017) e Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola (12 de outubro de 2017).

Destaques para as presenças dos atores Danilo Gentili (Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola), Marcelo Faria (Dona Flor e Seus Dois Maridos) e Tom Cavalcante (Os Parças), que aproveitaram a Expocine para divulgar as suas produções.

“Os fãs elogiaram o filme nas redes depois da sessão e o trailer já tem 16 milhões de views na internet. Acho que é o trailer nacional mais visto”, disse Gentili, otimista com o engajamento do público antes mesmo do lançamento do filme.

Warner

O grande destaque da Warner é Liga da Justiça (16 de novembro de 2017), superprodução em que a companhia aposta suas fichas de “o maior filme do ano” e que será seguido dos filmes individuais de seus heróis – BatmanFlashAquamanLanterna VerdeShazamFlashCiborgue e Mulher-Maravilha 2.

O line-up apresentado pela distribuidora contou ainda com Talvez uma História de Amor (15 de fevereiro de 2018), Tomb Raider: A Origem (15 de março de 2018), Animais Fantásticos 2 (15 de novembro de 2018), Small Foot (20 de setembro de 2018), Jogador Nº 1 (29 de março de 2018), Rampage – Destruição Total (19 de abril de 2018), Tempestade – Planeta em Fúria (19 de outubro de 2017), MEG (9 de agosto de 2018) e Aquaman (20 de dezembro de 2018).

Fox

A Fox Film do Brasil exibiu materiais de 10 de seus lançamentos, com destaque para O Rei do Show (28 de dezembro de 2017) e Assassinato no Expresso do Oriente (23 de novembro de 2017) – para mim uma das estreias mais esperados do ano.

As Aventuras do Capitão Cueca – O Filme (12 de outubro de 2017), Depois Daquela Montanha (2 de novembro de 2017),  O Touro Ferdinando (11 de janeiro de 2018), Não se Aceitam Devoluções (18 de janeiro de 2018), A Forma da Água (11 de janeiro de 2018), Maze Runner: A Cura Mortal (fevereiro de 2018) e Operação Red Sparrow (março de 2018) completam o line-up da distribuidora.

Outros destaques de 2018 são três filmes da Fox em parceria com a Marvel: X-Men: Os Novos Mutantes (abril), Deadpool 2 (junho) X-Men: Dark Phoenix (novembro).

 

Universal

Uma das grandes novidades para o próximo ano são as produções da DreamWorks, que passarão a ter distribuição da Universal. No line-up o destaque foi para Pica-Pau (5 de outubro de 2017), com o personagem principal feito em 3D e computação gráfica.

Compõem ainda os lançamentos produções como A Morte te dá Parabéns (12 de outubro de 2017), Victoria e Abdul – O Confidente da Rainha (16 de novembro de 2017), Boneco de Neve (7 de dezembro de 2017), O Destino de Uma Nação (11 de janeiro de 2018), Maria Madalena (22 de março de 2018), Cinquenta Tons de Liberdade (fevereiro de 2018), Jurassic World: O Reino Está Ameaçado (21 de junho de 2018) e Mamma Mia: Lá Vamos Nós de Novo! (19 de julho de 2018).

Paramount

Uma Verdade Mais Inconveniente (9 de novembro de 2017), Pai em Dose Dupla 2 (30 de novembro de 2017), As Aventuras de Tadeo 2 (28 de dezembro de 2017), Pequena Grande Vida (18 de janeiro de 2018), Cloverfield Movie (1 de fevereiro de 2018), Aniquilação (22 de fevereiro de 2018), Action Point (22 de março de 2018), Sherlock Gnomes (29 de março de 2018) e A Quiet Place (5 de abril de 2018) são as próximas apostas da Paramount.

“Já para 2019 temos filmes para todos os gêneros e esperamos continuar com o apoio de vocês. Teremos ainda o próximo Missão Impossível e o spin-off Bumblebe, que merecem destaque devido ao histórico das franquias”, afirmou Thiago Madruga, diretor de vendas da Paramount.

Sony

Blade Runner 2049 (5 de outubro de 2017), Entre Irmãs (12 de outubro de 2017), Jumanji: Bem-Vindo à Selva (4 de janeiro de 2018), Além da Morte (19 de outubro de 2017), Sobrenatural: A Última Chave (18 de janeiro de 2018) e Alfa (8 de março de 2018) compõem o line-up da Sony.

A distribuidora anunciou ainda que Entre Irmãs servirá de base para uma série que será exibida durante o verão.

Diamond

Logan Lucky: Roubo em Família (12 de outubro de 2017), Mark Felt – O Homem que Derrubou a Casa Branca (26 de outubro de 2017), Uma Razão para Viver (16 de novembro de 2017), O Estrangeiro (30 de novembro de 2017), Perfeita é a Mãe 2 (7 de dezembro de 2017), Suburbicon (21 de dezembro de 2017), Morte Instantânea (4 de janeiro de 2018) e O Sacrifício do Cervo Sagrado (início de 2018) foram os destaques apresentados pela Diamond.

A expectativa do diretor de vendas da distribuidora, Gustavo Romboli, é que algumas obras recebam prêmios e indicação ao Oscar. Uma delas é Mark Felt – O Homem que Derrubou a Casa Branca, devido à temática política e por trazer Liam Neeson como protagonista.

Gostou do Texto?

Cadastre seu email e receba novos
textos por email:

Deixe seu Comentário