Tudo e Todas as Coisas mostra o primeiro amor de forma doce

Procurando um filme para esse Dia dos Namorados? Tudo e Todas as Coisas, com estreia oficial no próximo dia 15 de junho, ganha sessões especiais nesta segunda e é uma ótima escolha.

Maddy (Amandla Stenberg, Jogos Vorazes) é uma garota de 18 anos como muitas outras: bonita, inteligente e curiosa. Só que a diferença entre ela e as demais é gritante: ela não sai de casa desde… Bom, praticamente sua vida toda. Diagnosticada muito pequena com uma doença rara, ela vive em uma casa hermeticamente fechada, protegida de todo tipo de bactéria e vírus, estudando de forma online e tendo como únicas amigas a enfermeira que cuida dela desde os 15 anos e a filha desta, que mudará de cidade para cursar a faculdade.

Para falar a verdade Maddy é até bem feliz com a vida que leva, ainda que sonhe em ver o mar de perto e algumas vezes se sinta só. Ela é feliz pelo menos até o momento em que coloca os olhos em Olly (Nick Robinson, Jurassic World) e se apaixona instantaneamente.

A aproximação dos dois acontece da forma esperada em uma situação como essa: mensagens no celular, e-mails e uma olhadinha aqui e ali pelos vidros que protegem a saúde da garota. E, como era de se esperar, tais contatos não serão capazes de dar conta da vontade de estar juntos que os dois carregam.

Maddy e Olly estão vivendo o primeiro amor e, não sei se vocês lembram, nada é capaz de vencer o primeiro amor, mesmo o pior prognóstico e, também como é esperado, o fato da mãe de Maddy estar determinada a mantê-los separados acabará os empurrando para longe do controle. E para as lindas paisagens do Hawaii.

Baseado no best seller de Nicola Yoon, o roteiro nos lembra, do lado de cá da tela, que tudo na vida traz riscos, nem é preciso ser diagnosticado com uma doença fatal. E, como deveria ser em toda história deste tipo, os personagens são cativantes. A ponto de você torcer loucamente para que Maddy vença logo a distância que a separa de Olly e que, PelAmorDeDeus, ela não fique doente!

 

Também estão no elenco Ana de la Reguera (Sun Belt Express) e Anika Noni Rose (Dreamgirls: Em Busca de um Sonho).

A direção é de Stella Meghie em seu segundo trabalho e o roteiro foi adaptado por J. Mills Goodloe (A Incrível História de Adaline). Leslie Morgenstein e Elysa Dutton assinam a produção pela Alloy Entertainment; a Alloy também é responsável pelas populares séries de TV Gossip Girl, Pretty Little Liars e The Vampire Diaries. Victor Ho é o produtor executivo.

A talentosa equipe de criação conta com a direção de fotografia de Igor Jadue-Lillo (Minhas Mães e Meu Pai); a desenhista de produção Charisse Cardenas (Sniper Americano); a editora Nancy Richardson (Divergente, A Série Divergente: Insurgente); e a figurinista Avery Plewes (Jean of the Joneses). A trilha sonora é composta por Ludwig Göransson (Um Espião e Meio, Creed – Nascido Para Lutar).

Uma produção da Alloy Entertainment, Tudo e Todas as Coisas tem estreia marcada para 15 de junho no Brasil com distribuição internacional da Warner Bros. Pictures, empresa da Warner Bros. Entertainment Company, e em territórios selecionados pela Metro-Goldwyn-Mayer Pictures.

Gostou do Texto?

Cadastre seu email e receba novos
textos por email:

Deixe seu Comentário