The Blacklist: The Apothecary (No. 59) (4×15)

Demorei para voltar aqui e falar do Red, não é verdade? Não foi intencional, juro para vocês. Eu vi que na semana seguinte não teria inédito, mas a estreia de Redemptiom (descanse em paz), e eu respirei um tanto aliviada.

Porque eu simplesmente amo o Dembe e sempre amei a dupla Dembe e Red e ainda não digeri o fato dele tentar matar Red. Eu podia imaginá-lo deixando Red por não concordar com a forma que ele estava fazendo as coisas com a Liz, eu podia imaginá-lo dando um tempo por estar magoado por conta da senhora Kaplan. Mas eu não consigo vê-lo colocando veneno na bebida do homem que um dia o resgatou.

A impressão é que tudo que eu imaginava sobre ele era uma mentira. A não ser que no episódio de hoje esses roteiristas tenham preparado uma surpresa e tanto.

Agora, meu inconformismo não me impede de elogiar, para variar, o episódio. Nada como um episódio centrado em Red para a gente ver do que esses roteiristas são capazes. Eu quase morri com ele a medida que o via lutando por sua vida, na verdade ele lutava mesmo era para saber quem o tinha traído, e depois quase morri de novo quando ele descobriu a verdade.

Músicas do episódio

My Girl – The Mamas & The Papas

No Salt on Her Tail – The Mamas & The Papas

All Along the Watchtower – Bob Dylan

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *