Chicago PD: Little Bit of Light (4×18)

Little Bit of Light poderia ser apenas mais um episódio médio desta temporada de Chicago PD, não fossem pelos pequenos momentos que fazem com que ele se destaque: Platt descobrindo que Burgess falou bem dela para a irmã, Atwater envolvido pela história da pequena Taja, Voight conseguindo um passe para que o pai dela pudesse vê-la tocar, Lindsay apoiando Sarah depois de assistir a tal fita, a cara do pai de Sarah quando Voight o prender.

Saber que o pai da Sarah era o assassino não foi grande surpresa depois de descobrir que ela havia violentado a própria filha – e, gente, eu realmente fiquei com pena da Sarah, primeiro o pai, depois se envolve com um cara que resolve chantageá-lo quando descobre a verdade sobre o passado dela -, mas eu também aceitaria a culpa do irmão dela. Aqui entre nós ele não transmitiu muito amor fraternal na única cena em que apareceu.

E já que o roteiro resolveu manter o foco em relacionamentos paternais: Voight chamando Jay para tirar satisfação do que estava acontecendo com ele e Lindsay foi um clássico paterno, não foi? Os dois passaram o episódio se estranhando e eu não acho que vão reencontrar o caminho tão rápido – ainda que eu continue achando que não existe motivo para o drama.

P.S. Burgess carregando blusas, ou usando blusas enormes, para disfarçar a gravidez. Eu confesso que comecei a rir da situação (que é saída muito melhor do que a da Amelia em Grey’s Anatomy, não é?).

P.S. do P.S. Ruzek descobrindo que a irmão da Burgess não gosta dele: sem preço. Acho que Ruzek passou tempo demais com todo mundo não ligando para as pisadas na bola dele. Ah, alguém mais achou que ele foi bem louco dando aquele salto na perseguição?

P.S. do P.S. do P.S. Acho que a irmã da Burgess passando tempo na cidade pode ser a desculpa para o sumiço que a personagem deve dar nos próximos dias por causa do bebê, não parece?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Episódio Laços de Família, mostrando como um pai deve agir com seu filho, sendo um porto seguro, independentemente de condição financeira ou encarcerado. Porque o pai preso, demonstrou um amor verdadeiro pela filha; enquanto o rico a vitimizou duas vezes, quando a violentou fisicamente e psicologicamente, quando tenta manipulá-la em relação ao assassinato e retornar para casa, como se ela fosse a culpada pelo que aconteceu. Achei que faltou mostrar as reações da mãe e do irmão, frente a verdade.
    Me emocionei muito no final. Voight nota dez.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *