Amazon agora permite que pessoas físicas e jurídicas vendam livros em sua plataforma

Desde ontem, dia 12 de abril, a Amazon.com.br passou a funcionar como um marketplace para livros, a ideia, já praticada por lojas brasileiras como o Submarino e Americanas, permite que pessoas físicas e jurídicas de todo o Brasil vendam livros novos, usados ou raros utilizando o site da loja, inclusive nos sites dos Estados Unidos (Amazon.com), México (Amazon.com.mx) e Canadá (Amazon.ca), ampliando o alcance de seus negócios e permitindo que clientes encontrem livros em português com mais facilidade.

O lançamento acrescenta 100 mil livros novos e usados em português ao catálogo da Amazon.com.br. Com este acréscimo, a seleção da Amazon.com.br chega a mais de 13 milhões de livros impressos, se consolidando como o maior catálogo entre livrarias no Brasil ao considerar todos os títulos impressos e digitais.

Além de que os clientes poderão escolher a melhor opção de compra em uma única página, visualizando para o mesmo título todas as condições de preço, prazo de entrega e estado do livro. Veja aqui toda a seleção.

Finalmente, a Amazon mantém a Garantia de A a Z para as vendas realizadas em sua plataforma, uma experiência de mais de 20 anos da Amazon em e-commerce para garantir pagamentos, proteção contra fraudes e a comunicação entre cliente e vendedor.

O desafio aos vendedores é praticar preços competitivos em relação a gigante Americana – no Brasil a Amazon é a única a trabalhar com compra direta das editoras ao invés da consignação praticada pelas demais livrarias, com isso ela consegue preços e condições melhores.

Gostou do Texto?

Cadastre seu email e receba novos
textos por email:

Deixe seu Comentário