Legends Of Tomorrow: Out of Time (2×01)

Gente, que delícia de retorno!!! Legends Of Tomorrow começou sua segunda temporada a toda e o episódio teve surpresas do começo ao final. Mesmo. A ideia de abandonar a série ficou definitivamente para trás por aqui o episódio superou boa parte da primeira temporada em qualidade e nem precisaram de super vilão para isso.

dcs-legends-of-tomorrow-2x01-s02e01

O episódio na verdade meio que começou pelo final, quando Nate (personagem novo que parece que vai ficar) procura pelo prefeito Oliver Queen – eu ainda estou na terceira temporada de Arrow, nem sabia da novidade) – porque tem certeza de que as lendas se meteram em algum tipo de confusão em 1942.

Oliver e Nate vão atrás da nave, que parece estar afundada ao lado de um submarino alemão, e descobrem um Mike desacordado.

Ele então conta o que aconteceu: desde que os deixamos no final da temporada passada eles tem viajado ao longo do tempo para fazer o trabalho que os Guardiães do tempo faziam antes. Em uma destas missões eles vão parar em Nova Iorque tentando impedir que os nazistas obtenham sua bomba nuclear antes do americanos e com isso façam com que a Segunda Guerra demore dois anos a mais para acabar, tirando muitas vidas.

Ah, para impedir isso eles precisam salvar Eistein, o que rende cenas ilarias, afinal o cientista ganha uma versão canalha aqui.

Enquanto a equipe, sem nosso querido Capitão Frio, tenta dar conta da missão, Sara resolve que tem uma só para si: vingar a morte de sua irmã Laurel e afinal o mesmo vilão que a matou está ao lado dos nazistas. Sim, claro que nada sai exatamente como planejado, em parte por causa da Sara, em parte porque eles são ótimos juntos, mas também nunca conseguem trabalhar realmente juntos.

Por conta disso Rip lança a nave em uma missão suicida, impedindo que a bomba obtida pelos nazistas destrua Nova Iorque, não sem antes espalhar seus colegas em diferentes época, garantindo que todos sobrevivam.

Nate e Mike então dão um passeio recuperando o resto da equipe. Menos Rip, que deixou uma mensagem de despedida que, espero eu, seja apenas um desvio de percurso. Já basta terem nos tirado Snart!

P.S. Achei ótimo ver que a equipe agora consegue trabalhar junta – e ri muito do fato de que na verdade nada mudou, eles dando aquelas pisadas na bola ao usar seus poderes e maquinários quando não podiam.

P.S. do P.S. Ops, Flash Reverso por aqui, vou ali correr na Netflix assistir a segunda temporada de Flash.

P.S. do P.S. do P.S. O episódio acabou sendo uma ótima forma de apresentar a série a novos fãs, não é mesmo?

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. Voltaaaa Rip !!! Quero Rip Hunter de volta …. mimimi

    Fiquei um tempão tentando me lembrar de onde eu conheço o Nate e bamm é de Minority Report.

    Eobard por aqui junto com Darhk, valha-me Deus !
    Os Legendários irão ter muito trabalho, credo.

    A Sarah está traçando todas \o/

    LOT voltou muito bem e agora a warner acertou trazendo as 4 séries juntos, Arrow / Flash / Supergirl e LOT.

    Responder

  2. Eu tinha abandonado a série, por causa do casal de pássaros e aquela história de caçar o Savage estava muito chata.

    Estou assistindo a nova temporada e gostei muito, só sinto falta do Riper e do Snart.

    Alguém me explica, por favor: o Savage morreu? Eles não vão passar a temporada procurando por ele? Se for isso, acho que agora sim a série decola.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *