Lili A Ex: Carrinhos (2×12)

Lili a Ex Carrinhos 2x12

Será que o amor de Lili e Reginaldo é capaz de sobreviver a venda dos carrinhos? Eu digo a você: namorado (a) deve ficar entre um homem/mulher e sua coleção favorita. Isso não só é motivo para divórcio como pode acabar em morte.

Na verdade, a confusão toda do episódio começou com o motivo número um de brigas em relacionamentos: presentes que o outro não gostam tanto – e você achando que era ciúme, não é verdade? Lili não soube disfarçar que a camisa de corações não ia estar entre suas favoritas e foi só nisso que Reginaldo pensou quando viu que ela tinha virado pano de chão.

Aí o blusão virou capacho, a rouparada foi espalhada pelo corredor e nem a medalinha de São Cristóvão se salvou. Nem santos o pessoal respeita mais.

P.S. Reginaldo como 007 brasileiro: amei!!

P.S. do P.S. Sabe que a tal trama da demissão/sociedade no salão de beleza funcionou bem?

P.S. do P.S. do P.S. Adorei o pai do Reginaldo!!!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *