Exposição Grandes Mestres no Espaço Porto Seguro

Logo que soube que teríamos uma exposição com réplicas em tamanho real de obras de Michelangelo eu já me animei. Quando soube que teríamos também obras de Leonardo Da Vinci e Rafael claro que fiquei mais ansiosa.

Ainda assim, com nosso dia a dia corrido e com a correria normal de início de ano fui adiando e apenas no feriado da Páscoa eu pude visitar a Exposição Grandes Mestres no Espaço Porto Seguro, região central da cidade. A exposição terminaria em 03 de abril, então era ir ou ir.

Só que, depois do sucesso de público e crítica, todo mundo ganhou mais um mês para dar uma passadinha por lá (ou uma segunda passadinha, como eu pretendo fazer): agora ela vai até 08 de maio.

Primeiro vale um elogio ao espaço, que eu ainda não conhecia: localizado ao lado do teatro Porto Seguro e do edifício sede do grupo de empresas da antiga seguradora, o acesso é fácil de carro, conta com estacionamento coberto (desconto para usuários de qualquer produto Porto Seguro) e ficou muito bonito.

Para quem optar pelo transporte público, a Porto Seguro disponibiliza vans de transporte a partir da Estação Luz do Metrô/CPTM (na estação siga as placas que sinalizam a saída Rua José Paulino / Praça da Luz / Pinacoteca até a saída, numa escada.).

Pontos extras para o fato da exposição ser gratuita e contar com agendamento de horário através do site Ingresso Rápido. Em nossa visita não haviam enormes filas, como já nos acostumamos em qualquer exposição nesta cidade, e pudemos aproveitar e fazer a visita guiada por um educador – elas acontecem de hora em hora e valem a espera caso você chegue em horário quebrado.

Logo após a entrada você já encontra a réplica de Davi, uma das obras mais famosas de Michelangelo que impressiona não somente por seu tamanho, mas pela perfeição dos traços do corpo humano. A obra, esculpida em uma enorme pedra de mármore, foi feita para ficar na catedral de Florença e apresenta alguns detalhes de perspectiva que evidenciam a preocupação do artista em que ela parecesse perfeita a quem olhasse do ângulo originalmente pretendido.

Na exposição Grandes Mestres podemos observá-la tanto pelo ângulo que os visitantes hoje em uma galeria de Florença ou a réplica na Piazza della Signoria, onde ela originalmente ficava, como de cima para baixo, quando seguimos para o andar seguinte da exposição.

Depois de Davi é a vez de você se maravilhar com a Pietá, representação do momento da morte de Jesus com seu corpo no colo de sua mãe. Se você der sorte, como demos, terá a oportunidade de ouvir uma das educadoras cantando Pedaço de Mim de Zizi Possi.

Particularmente eu fiquei mais balançada com a Pietá que com Davi…

exposição grandes mestes espaço porto seguro

Ainda do artista você verá reproduções do domo da Capela Sistina e das pinturas encontradas em seu altar e teto.

Já de Rafael, pintor renascentista de um período seguinte ao de Michelangelo, é possível ver algumas reproduções digitais de vários de seus quadros e uma reprodução em tamanho real de sua obra Escola de Athenas, uma de mais famosas obras renascentistas encomendada pelo Vaticano e na qual, talvez por brincadeira, o artista usou o rosto de vários contemporâneos para ilustrar seus personagens.

De Da Vinci é possível ver uma réplica da Última Ceia, do Homem Vitruviano e, em uma sala de modelos, você poderá entrar numa sala com oito espelhos estrategicamente posicionados para ilustrar princípios de ótica que Leonardo estudou.

Na mesma sala existem vários protótipos feitos a partir de diários do inventor. Chama a atenção uma ponte que poderia ter sido projetada por Niemeyer e de um planador enorme.

P.S. A estátua original  de Davi teve sua localização mudada, ela ficava originalmente na Piazza, depois de algumas tentativas de vandalismo.

P.S. do P.S. Para mais informações clique aqui.

P.S. do P.S. do P.S. Para ver meu álbum de fotos da exposição clique aqui.

Gostou do Texto?

Cadastre seu email e receba novos
textos por email:

Deixe seu Comentário