Scorpion: Dam Breakthrough (2×12)

Toby, Cabe, Happy e um tanque de gás hélio. O tempo passará e esses segundos sempre serão lembrados por mim como um dos momentos mais engraçados da série, até porque eu tive a nítida impressão de que isto não estava no roteiro: primeiro a cara do Cabe para o Toby, depois a da Happy e aquele timing de espera. Algo me diz que foi uma daquelas boas improvisações que apenas quando uma equipe de atores está se divertindo muito pode acontecer.

E o bom é que Dam Breakthrough foi um episódio de Natal, um episódio sobre amizade, então mesmo quando a coisa ficou complicada, feia mesma, a gente ainda carregava algum tipo de energia boa – até porque a gente sabe que a coisa fica feia, mas todos acabam vivos.

E a gente sempre grato porque esta não é uma série da Shonda e que provavelmente tão cedo ninguém importante vai nos deixar.

Nem mesmo Ferret Bueller. Fazia tempo que ele não dava as caras, não é verdade? Achei uma boa escolha seu retorno,  rápido sumiço, ser o que motivou o surto, estouro, de Walter. Ele estava se segurando com tanta força e eu nem sei a que, como ele conseguia. Walter não acredita em vida pós morte, em destino, em Deus, então ele também não tinha muito a quem culpar, quem sabe por isso ele buscou de toda forma buscar uma saída para Megan, porque é realmente difícil simplesmente aceitar.

Quem sabe com o tempo, quem sabe por causa da Paige, ele comece a aceitar mais o inexplicável e isso lhe ajuda a ter uma vida um pouquinho mais leve – imagine o peso de achar que você pode controlar as coisas a ponto de evitar o inevitável e então perceber da forma mais dura que não pode.

Claro que não foi só Ferret, a história toda com a equipe a beira da morte olhando para uma cidade inteira que também podia morrer garantiu tensão o bastante para mexer com qualquer um. E eu acho que a gente nunca tinha tido um começo de missão tão fácil! Foram lá, reprogramaram e já estavam indo embora na boa quando aquele gráfico vermelho nos jogou na realidade de que ainda tínhamos mais 30 minutos de episódio para dar conta.

Aí rolou momentos MacGyver diversos – sério que dá para fazer esse concreto super rápido? -, Cabe pendurado na barragem, Happy sendo arrastada pelo super desentupidor que eles criaram, Ralph hackeando para poder mandar mensagens aos moradores da cidade, Sly mostrando o quanto especial foi a relação dele com a Megan (espero ter essa maturidade quando perder alguém desta forma) e Walter falando muito sozinho, o que eu não acho que seja um problema, eu mesma faço isso.

 

Scorpion Dam Breakthrough 2x12 s02e12

E teve Happy beijando Tobby – agora eles são um casal da verdade? – e Walter encontrando a melhor maneira de homenagear sua irmã com o foguete, mesmo que desistindo de uma fortuna por conta da sua escolha.

Perfeito exemplo de tudo que eu amo em Scorpion.

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Adoro a série, com ação, humor, suspense e humor na dose certa e saindo da mesmice atual de super heróis.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *