Sobre os livros…

Assim como meus registros diários dos preceitos do livro 365 Dias Extraordinários, tenho usado o Instagram para registrar os livros que andei lendo e fazendo pequenas resenhas.

Eles também tem um álbum para chamar de seu no meu Flickr e são atualizados no Skoob, rede de leitores que escolhi há alguns anos.

livros 2015

E essa daí é uma amostra do que foi  2015, que iniciei descobrindo os livros da Tess Gerritsen, ganhadora do título de autora mais lida por mim no ano e uma das donas do meu coração.

Primeiro quis ler todos os livros protagonizados pela dupla Jane Rizzoli e Maura Isles – li o último da dupla na semana passada – e agora em 2016 vou aproveitar e ler os demais. Para quem não conhece a autora, ela é uma médica que começou a escrever thrillers policiais e médicos e que viu a policial Rizzoli e a patologista Isles se tornarem as estrelas de uma série de considerável sucesso.

2015 também foi o ano em que descobri Frederick Forsyth. Sim, demorei, mas amei O Dossiê Odessa e já estou com mais dois títulos dele carregados no Kindle para este ano.

Sim!!! É verdade!! Esqueci de contar que me dei de presente meu Kindle Paperwhite de Natal. Ele só sai da bolsa para as mãos e graças a ele tenho emendado um livros atrás do outro sem ter de me preocupar com o peso deles ou a falta de jeito para ler em pé no ônibus.

O ano passado também foi um bom ano para os livros categoria “fé na humanidade”: Uma Casa No Meio do Caminho, Extraordinário e Diga Aos Lobos Que Estou em Casa merecem destaque.

Agora, o que todo mundo TEM DE LER é Novembro de 63 de Stephen King. O livro conta a história de um homem que tem a chance de voltar ao passado e evitar o assassinato de Kennedy, nos oferecendo um excelente retrato daquele período da história e apresentando um grupo de personagens apaixonante.

E seu 2015 de leitura? O que você me indica?

P.S. Sem esquecer de que 2016 já começou, até agora foram 7 livros, todos excelentes.

Gostou do Texto?

Cadastre seu email e receba novos
textos por email:

Deixe seu Comentário