Crossing Lines: Executioner (3×06)

Dois textos falando sobre Crossing Lines em seguida? Sim. Porque a Cleide veio me contar que o AXN pulou um episódio e exibiu este ao invés do 05 de que falei ontem. Agora, sabem o que é mais engraçado? Eu assisti ao episódio 05 no Now da Net na semana passada, ou seja, apesar de não exibido ele ficou disponível.

Eu e ela achamos que era coisa do estagiário, mas adivinhem só? Não foi. Se vocês olharem a lista de episódios do IMDB verá que os episódios seguem a ordem que eu coloquei aqui, ou seja, Executioner seria o 6. Porém se olharem o que valeu para a Europa, aonde o seriado foi exibido primeiro, a ordem se inverte. Se os estagiários já fazem confusão sem isso, imagina com duas opções de ordem de exibição!

O problema é que o AXN está informando que nesta quarta o episódio a ser exibido será o 07, o que faria com que pulassem o 5, mas pode ser apenas uma questão de numeração errada, então só vendo amanhã para descobrir. Quem não gosta de surpresas!

Bom, esse episódio 06 está disponível no Now esta semana e então eu corri atrás do prejuízo e estou aqui pra falar de um episódio que foi melhor que o anterior, mais consistente e com roteiro bem mais amarradinho.

E ainda centrado nas emoções de nosso amigo Constante – apesar de gostar dessa nova fase acho peculiar o fato de que nas temporadas anteriores o protagonismo das histórias era mais dividido entre os vários personagens e na atual Constante acaba sendo o centro de quase toda história.

Bom, dessa vez tudo começa porque Constante tem a certeza de que um cara preso por ele, e que acabou livre por uma tecnicalidade, voltou a matar quando uma bomba explode na Holanda.

O único problema é que o suspeito dele acaba por se tornar a vítima seguinte na onda de assassinatos que atravessa fronteiras. Pena terem mostrado a carta mais interessante rápido demais: uma associação em busca de justiça para criminosos não condenados se torna a mais provável suspeita nos casos e enquanto Arabela e Luke tentam salvar seu mais provável alvo, o restante do grupo precisa descobrir quem na organização seria o assassino.

Apesar de terem usado essa carta logo, a metade final do episódio acabou por funcionar muito bem já que não tínhamos um suspeito claro dos atos de assassinato em si e a montagem foi perfeita em nos fazer descobrir exatamente quando a própria equipe descobria, não é verdade?

Crossing Lines Executioner 3x06 s03e06 Sebastian e Ellie

Pontos extras no episódio para Sabastian e Ellie: descobriram o assassino e ainda o encheram de porrada – confesso que fiquei morrendo de medo pela Ellie, já que o povo dessa série não tem problemas em matar gente da equipe.

Mas a guria bate bem para caramba!

 

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. mas genteeee !!! não sabia desta lista de episódios europeu 😮

    assim eu tenho que perdoar o estagiário, mas só desta vez heheheheheheh

    concordo que os episódios estão muito centrados no Constante – Goran lindo – mas a série agora é outra, é lidar assim mesmo

    já tenho aqui com meus botões que certas histórias já não me surpreendem mais, tenho quase certeza que já vi essa mesma história em outo lugar mas nunca irei saber

    Responder

    1. Mas só me toquei porque eu baixo as séries de um site de torrent inglês e quando fui pegar a imagem pro post e vi que os números estavam trocados!!!

      Então, não foi exatamente a mesma história, mas no começo dessa temporada de Law&order SVU o culpado também era o legista, né?

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *