Opinião: Amorteamo

A nova série da Globo aposta no visual fantasioso e na relação dos vivos com a morte para contar uma história de amor. E o primeiro, curto, episódio serviu apenas para despertar curiosidade.

Arlinda, vivida pela linda e delicada Letícia Sabatella, é casada com o bruto Aragão (Jackson Antunes), mas ama Chico. O amor dos dois é predestinado à tragédia, o que acaba acontecendo quando Aragão mata o amante e prende a esposa no sótão da casa.

O que ninguém sabe, nem mesmo Arlinda, é que o fantasma de Chico não a abandonou e ele então acompanha  toda a gravidez da amada, até que Aragão a acolhe de novo em casa, assumindo o menino Gabriel como seu filho.

Arlinda continua prisioneira em sua própria casa, Gabriel cresce brincando com a filha da empregada, Lena e, como é de se esperar, os dois crescem (já nas peles de Johnny Massaro e Arianne Botelho) e se apaixonam.

O primeiro episódio se encerra com os dois felizes contando sobre o futuro casamento e vendo seus sonhos sendo destruídos quando Aragão conta que é pai de ambos – o que sabemos não ser verdade.

Ao fundo uma cidade pequena e formada por personagens que são extremos dos estereótipos que conhecemos: o padre que usa o dinheiro da igreja e de doações para a farra e a bebida, os donos do bar divertidos, o prostíbulo cheio de garotas forte e de personalidade.

Tudo muito rápido, cortes bruscos das cenas dão velocidade, mas podem confundir o espectador mais desavisado. Outro recurso  que pode não agradar são as músicas originais em momentos mais românticos ou mais tensos.

Quem assistiu a Pedacinho de Chão poderá encontrar semelhanças entre os papéis de Johnny aqui e lá: o rapaz de família que já foi rica, apegado com a mãe e odiando o próprio pai.

amorteamo tv globo johnny massaro

Eu fui pega de surpresa pelo fim do episódio, tudo passou tão rápido (e ele tem menos de trinta minutos), e não consegui concluir se gosto ou não. Algo nele me atrai muito, mas também tenho medo de me decepcionar.

O jeito é insistir pelo menos mais um episódio… E vocês? Assistiram? Gostaram? Passaram longe?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *