Scandal: The State of the Union (4×02)

E enquanto eu não decido se abandono de vez Scandal e suas loucuras ou não vou voltando aqui para dizer o que me irritou no episódio passado. Tá, também vou falar do que eu gostei, mas a gente bem sabe que eu fico mais irritada que outra coisa quando estamos falando desta série.

Por exemplo: continuarei a elogiar Mellie. Sim, a situação de nossa primeira dama é terrível – inimaginável a dor de perder um filho e olha que ela nem sabe que foi por causa do Quase-Kennedy -, mas ela continua sendo uma das melhores coisas dessa série justamente porque é humana.

E ela cansou. Acho que ela percebeu que toda essa merda que está acontecendo na vida de todo mundo é porque eles colocaram na cabeça que Quase-Kennedy merecia ser presidente e, bem, ele não merece.

Scandal: The State of the Union 4x02 s04e02 Mellie

E ainda que Mellie tenha ido a aquele discurso e que o discurso tenha sido lindo, sabemos que a Mellie de agora não será a mesma. Que talvez ela tenha perdido a fé necessária no que eles planejaram lá atrás, antes dele ser eleito.

Mas sabe que por conta dela até mesmo Cyrus ganhou pontos comigo. Eu o achei bastante sem função no primeiro episódio e agora vendo-o falar da perda do marido as coisas ficaram um pouco mais no lugar, ainda que eu não possa esquecer que ele é meio responsável por sua própria cruz, por sua própria quebra.

Falando de Abby: acho que o principal problema de Abby na Casa Branca nesses episódios é o fato de quererem nos mostrar o quanto Olivia é sensacional e necessária e o quanto Abby não é ela. E eu não acho Olivia sensacional, nem perto disso, mas a gente também sabe que Abby não é ela, então eles podiam simplesmente parar com isso e devolver o emprego pra Olivia se for o que realmente querem fazer.

Na verdade a pior parte desse episódio foi aguentar mais um dos discursinhos enriquecedores de Olivia que parecem resolver qualquer situação – essa é a pior parte de qualquer episódio. E tá lá o David mostrando que ela nunca resolve nada de verdade e metendo os pés pelas mãos para tentar consertar o estrago.

Ah, sim, o discursinho da Abby para a Mellie não foi melhor que os da chefe.

E já que comecei a falar mal mesmo: alguém me explica o Jake, faz favor? Bonito, inteligente e garoto de programa. Ele fica lá com seu discurso “estou disponível quando quiser” e investigando o que não deve. Fico aqui pensando se não é melhor ele simplesmente sair da série.

Falando em sobra: impressão minha ou a esposa calopsita da Ellen está sobrando até agora? Eu não consegui ainda dar valor para o embate entre ela e Cyrus – porque ela está relacionada com o carinha do bar e ele sabe disso.

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Ainda não tive coragem de começar a ver esta temporada e seus comentários não me animaram. Vi que continua tudo igual, Olivia insuportável e o roteiro fazendo de tudo para mostrar como ela é incrível e maravilhosa. Sem falar da canastrice da atriz que não ajuda nada.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *