Das boas pessoas

conselho pra vida

Eu tuitei essa mensagem hoje pela manhã, logo após uma reflexão que tinha acabado em um sorriso.

Uma pessoa querida me pediu duas indicações, uma oportunidade de trabalho e uma oportunidade de prestação de serviços, de confiança. Eu facilmente pensei em uma pessoa para a segunda e pensei se a esposa desse amigo também não seria ideal para a primeira.

Bem, desliguei o telefone após falar com ele e pensei em outra amiga para a segunda oportunidade. Na verdade eu acho que até tinha pensado nesta amiga primeiro, mas depois de entender melhor o que minha madrinha, a pessoa querida, precisava acabei achando que esse outro amigo era mais adequado.

Além disso, recentemente mesmo eu havia indicado essa amiga para a comadre de outra grande amiga e sei que essa indicação deu super certo – as duas me agradeceram pouco depois, quase que ao mesmo tempo.

Pensei, ainda, num outro dia, num desses eventos de canais de TV, em que acabei apresentando duas amigas queridas a um conhecido do twitter para que eles sentassem juntos, já que eu estava em uma mesa já lotada.

A coisa te parece meio confusa? Pois bem, o resumo é que eu, após essa estranha linha de pensamento toda, percebi que nos últimos tempos tenho trocado indicações e apresentações de amigos das mais diversas “origens” e sempre muito segura delas.

Segura porque tenho me cercado de pessoas essencialmente boas. O tipo de pessoa que torna nossa vida mais fácil, que nos permite transitar de um “mundo ao outro” com um sorriso no rosto e sempre aproveitando a viagem.

Então, se eu realmente posso dar algum conselho não solicitado para você, é que você se cerque de pessoas boas. Elas tornam o desafio da vida, algumas vezes pesado, mais fácil.

P.S. E no final de semana eu compartilhei lá no Facebook esse texto aqui, aconselhando um detox na vida. Eu, ainda bem, não ando precisando fazê-lo, mas se você acha que sua vida está pesada demais, talvez precisa fazer uma listinha do que deixar para trás.

Gostou do Texto?

Cadastre seu email e receba novos
textos por email:

Deixe seu Comentário