Estreia: Stalker

Nesta quinta, dia 13 de Novembro, é noite de estreia no Canal Universal: Stalker, drama psicológico  ambientado em Los Angeles, que acompanha o cotidiano dos detetives que trabalham na Unidade de Avaliação de Ameaças do Departamento de Polícia de Los Angeles e são especializados em investigar crimes ligados à perseguição – incluindo voyeurismo, assédio virtual e fixação romântica.

Convidada para a pré-estreia no cinema Belas Artes confesso que fui surpreendida pelos comentários causados por uma foto minha no Instagram do poster da série: uma amiga viciada em séries dizendo que a série lhe dava calafrios, outra, moradora dos Estados Unidos, dizendo o mesmo.

Nos dois casos a mesma justificativa: a série é tão boa que causa isso em você. É impossível ficar indiferente – ainda mais tendo assistido aos dois primeiros episódios em uma sala escura do cinema com silêncio total na sala.

É no piloto que somos apresentados a Jack Larsen (Dylan McDermott, de The Practice e Hostages). Policial da Unidade de Homicídios de Nova Iorque, ele pede transferência para a unidade liderada por Beth Davis (Maggie Q, de Nikita) após ter problemas relacionados a seu comportamento.

De cara você percebe que o problemas de Jack parecem ter seguido para Los Angeles com ele e Davis também tem seus segredos, que se não sabemos quais são, mas que permeiam as atitudes da tenente – Sabe aquela constante impressão de que ela já viveu aquilo que as vítimas estão vivendo e por isso é tão boa no que faz? Bem, a sensação está lá.

O piloto já começa com cenas bastante fortes do caso que será investigado pela equipe no episódio. Após a abertura assistimos a uma palestra de Davis na faculdade que nos lembra que, ao contrário do que imaginamos, a menor parte dos casos de perseguidores acontece com celebridades. Na maior parte dos casos são pessoas comuns, perseguidas muito menos pelo destaque que tem pela multidão, mas por se tornarem alvo de algum loucura carregada por outro alguém.

E é essa loucura que nos conduz pelos quarenta minutos seguintes – além de Jack tentando mostrar que apesar da fama é uma boa aquisição para o departamento – nos segurando na cadeira com um roteiro caprichado.

Sim, estou eu aqui declarando meu amor a nova aquisição do Canal Universal, que já garantiu sua primeira temporada completa e tem sido bem recebida pela crítica e público americanos.

A série é produzida pela Outerbanks Entertainment em parceria com a Warner Bros Television e é baseada em casos reais – opa, mais um motivo para a gente ficar olhando para o vão da porta depois que assiste…

Stalker Pilot 1x01 Jack (mcdermont) e Davis (maggie q)

P.S. Sim, eu sei, quem assistiu a Hostages fica com a impressão de que já viu Jack antes, mas eu garanto que essa impressão já diminui no segundo episódio.

Obs. A série será oferecida com opção de áudio e legendas. #TodosComemora

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Nossa! Muita tensão. Gostei muito do 1º episódio, saudades da Nikita.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *