Supernatural: Meta Fiction (9×18)

E eu vou lá falar mal do episódio que traz Metatron de volta ao centro da temporada? Não. Tudo bem que eu achei o episódio um tanto “torto”, mas tivemos um vislumbre de Gabriel, pena que falsamente, tivemos Dean tendo que se segurar para não acabar com a raça de Gadreel e o papo todo estranho de Metatron com Castiel, então não dá para reclamar de tudo.

Supernatural Meta Fiction (9x18)

Do estranho encontro dos dois, aliás, fico com Metraton colocando na mente de Castiel todo o conteúdo de livros, filmes e séries que ela consumiu na terra. Um Castiel com citações de O Poderoso Chefão, por exemplo, vai ser bem interessante, como foi ele entendendo uma referência à Star Wars.

Ainda que ele não tenha entendido o porquê dela…

Ao que parece Metraton resolveu incentivar Castiel a liderar a resistência apenas para que ele possa ser um grande herói. Os problemas: 1. mesmo que ele ganhe isso não significa que ele será considerado um herói; 2. ele esqueceu de considerar as muitas variáveis de uma guerra e o resultado pode passar longe do que ele acha que será…

Mesmo que até aqui a realidade “se encaixe” direitinho em sua história…

P.S. Fico aqui pensando em Gadreel dentro do Sam ouvindo todo o seu mimimi. Fiquei até com pena dele.

P.S. do P.S. Dean tá passando por seu inferno pessoal, não é mesmo?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. Eu amei esse episódio! Achei muito bem conduzido. A gente percebia que algo estava “off”, mas não tinha certeza, até que tudo se esclarece.

    Dean está passando por seu inferno pessoal há 9 anos.

    Also: COMO você não comentou nada sobre o Dean tomando banho? :PPP

    Responder

    1. Olha que os dois, mesmo eu não gostando do Sam, estão mesmo sofrendo demais esse tempo todo, com pouquíssimos momentos de alívio.

      P.S. Não comentei porque era presente de dia dos namorados, hahaha.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *