Com todo o coração

Esse é um dos tesouros que você encontra vasculhando o acervo de vídeos do TED ou seguindo os amigos certos.

Porque precisamos parar e olhar o que estamos fazendo de nós mesmos quando nos reprimimos, julgamos nossos erros piores que qualquer juiz, nos recriminamos, nos anulamos e usamos as “ferramentas” disponíveis para escapar.

Precisamos parar de anular a parte boa para evitar a parte ruim. Precisamos saber que estar vulnerável não é um problema. E, como mães e pais, precisamos fazer com que nossas crianças se sintam merecedoras de amor e pertencimento.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *