Homeland: Tower Of David (3×3)

Nosso herói (quase-herói? anti-herói?) finalmente aparecer e não é sem tristeza que vemos Brody quebrado e perdido. Na verdade, diria que nós também ficamos bastante perdidos quando ele reaparece na Venezuela pouco após ter sido baleado. Ele é salvo graças as conexões de Carrie, mas eles nunca estiveram tão distantes como agora.

Homeland: Tower Of David  3x3 brody

Ao mesmo tempo, é fácil perceber que a agente da CIA, ainda internada, é a única coisa que consegue fazer com que ele tenha alguma esperança em seu futuro. Mesmo que ao final do episódio talvez essa esperança seja muito pouco para fazê-lo continuar tentando – principalmente depois dele ter procurado ajuda em uma mesquita e acabar sendo tratado como o terrorista que todos pensam que ele é e pela cabeça sob a qual pesa uma recompensa milionária.

Confesso ter ficado muito tensa durante todo o episódio. Ao mesmo tempo em que Brody nos parece um pouco seguro, eu não consigo imaginar um lugar mais triste para ele. Um lugar em que ele não conseguirá melhorar sua situação, encontrar ajuda para provar sua inocência ou mesmo alguma paz. E acho que a sensação dele foi a mesma, por isso ele recorreu às drogas. Uma fuga quando nada mais resta.

Já nos EUA parece que Carrie está disposta a ter menos razão e ser um pouco mais feliz, mas a ajuda com certeza não venho de onde nós esperávamos: ao contrário de Saul, é um advogado que parece disposto a defender sua história.

Por mais que o discurso de Carrie tenha sido lindo ao demonstrar o quanto ela ainda está disposta a ajudar o seu país, será que ela resistirá o bastante? Porque é claro que ela precisa sair dali – engraçado pensar que estar naquele “sanatório” pode lhe deixar ainda mais instável – e eu acho que ela vai acabar aceitando a solução que lhe deixar livre o mais rápido possível.

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. Somente ontem, consegui achar o Homeland na grade da Net. Continua naquele canal inexpressivo Fox FX. Nem lembrava mais da existência dele. Como a Fox trata mal seus seriados, e no caso um ótimo programa como Homeland. Horários horrorosos, não há reprise. Que ódio.Somente
    graças a seus post que soube da volta do seriado. E como estou perdida, posso perguntar: O Saul está ferrando com a Carrie? concordando em caçá-la?

    Responder

    1. Cleo, eu publico os releases das assessorias de imprensa com os lançamentos na fanpage do blog. E a Cleide cuida da coluna Destaques do Dia lá no teleséries, com a programação. Ajuda a não se perder.

      Então, não é que ele concordou em caçá-la, mas a CIA teve que abafar o monte de cagadas que fez e como a Carrie deu uma de louca berrando a verdade eles acabaram por escolhe-la como bode expiatório. O Saul primeiro se omitiu, mas depois acabou entrando. Mas se ela se contivesse eles não teriam conseguido.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *