Conhecendo o Paradise Golf&Lake Resort

entrada paradise golf and lake resort

Epa, epa, epa, parece que finalmente nosso amigo São Pedro resolveu nos trazer aquele sol e calor que tanto andamos pedindo, não é verdade? Então, e também porque tem feriadão começando, resolvi vir aqui contar a vocês sobre nosso passeio no Paradise Golf & Lake Resort de Mogi das Cruzes, que conhecemos após receber uma gentil convite do pessoal de lá.

Ah, você não joga golf? Nem eu. Nem tentei. Mas eu te juro que não faltam atividades para você aproveitar por lá, até porque o lugar é ENORME!

Ele fica a mais ou menos quarenta minutos de São Paulo, o que o torna uma ótima opção para finais de semana ou esses feriados de três dias, mas possui pacotes especiais de uma semana para quem está realmente precisando desligar da vida de todo dia – poxa, eu só fiquei dois dias, mimimi. Bom, você desliga se quiser: sim, gente, o resort tem serviço de Wifi nos quartos e ele funciona muito bem, obrigada.

Frequentado mais por famílias – dava gosto ver famílias inteiras, vô, vó, primos, tios, sentados nas mesas ao café da manhã e no jantar – o resort tem monitores para cuidar da criançada, dividida em grupos por idade, e atividades inclusas no pacote para todos os gostos: piscinas aquecidas cobertas e descobertas, quadras, quadra de tênis, campo de futebol, digno do nome, campo de golf, lindo e enorme, ciclovia, com bicicletas disponíveis para quem não tem e salão de jogos com bar. Não inclusos no preço, mas que vale a visita: spa, tirolesa e parede de escalada – se liga na Simone parecendo uma pedreira com o capacete de segurança na foto abaixo – e cavalos.

Infelizmente, como fomos em Julho, não pudemos aproveitar as piscinas, já que mesmo a piscina coberta possui acesso descoberto, a uma boa distância dependendo da onde estiver localizado seu quarto, e apesar de dias lindos, estava muito frio por lá. Acredito que, por sua localização, mesmo no verão as noites sejam um tanto mais frescas, o que é uma delícia para dormir.

Os quartos são grandes e recebem muito bem famílias de até 5 pessoas – a cama de casal na verdade cabe uns 4 e é daquelas que dá vontade de ficar pulando em cima – mas peça para ficar num quarto em uma das novas alas: ficamos um quarto na ala mais antiga do hotel, que possuem banheira no banheiro com cortina de plástico. Sim, você imaginou certo: a cada banho um alagamento.

Apesar do transtorno, que a administração do hotel me disse estar trabalhando para resolver, tanto que os novos quartos não possuem banheira e possuem boxes, fomos super bem atendidos pelas camareiras que, sabendo do problema, nos disponibilizaram tapetes e toalhas extras e nos disseram para não nos preocuparmos com o estrago causado.

O restaurante é grande, tem uma linda vista para o lago, e a comida é variada e muito gostosa. Na verdade um perigo se você está tentando manter a linha. Panquecas e waffles no café da manhã acabaram tomando bastante tempo da minha estada por lá. Bebidas alcoólicas não estão inclusas, mas o hotel tem uma carta de vinhos boa com opções não tão caras. Conversei rapidamente no restaurante e parece que você pode levar seu vinho também, só é preciso avisar com antecedência.

Um trenzinho simpático faz passeios por todo o espaço e ajudam as famílias a se locomoverem entre as diferentes atividades.

A noite a programação traz shows e cinema para quem ainda tiver energia guardada.

A relação custo benefício é muito boa, ainda mais se comparado com concorrentes nem sempre tão próximos e, principalmente, se comparado com outros que não entendem bem o conceito de all included (uma vez gastei quase o valor de uma diária por conta do consumo de garrafinhas de água pela família, imaginem).

P.S. Para as pequenas existe a suíte Lilica Ripilica, especialmente decorada.

P.S. do P.S. O hotel está trabalhando numa solução para o acesso à piscina coberta.

P.S. do P.S. do P.S. Carol andou de cavalos todos os dias em que estivemos no hotel, mais de uma vez por dia. A estrutura dos cavalos na verdade não pertence ao hotel, apesar de instalada neste, mas a um rancho próximo. O atendimento é simpático e caloroso. O horário dos passeios, que podem ser curtos ou longos, é marcado com o pessoal do hotel na recepção, mas o acerto é feito diretamente com o rancho, em dinheiro ou cheque.

P.S. do P.s. do P.S. do P.S. Quem estiver de bobeira, mas apenas com um dia livre na agenda, pode almoçar no hotel e aproveitar a estrutura do rancho, por exemplo.

paradise golf resort mogi das cruzes

Gostou do Texto?

Cadastre seu email e receba novos
textos por email:

Deixe seu Comentário