Unforgettable: Day of the Jackie (2×03)

Ai, essa vida de quem não esquece é tão difícil, não é mesmo? Olha a cara da Carrie aí que não me deixa mentir.

Unforgettable: Day of the Jackie (2x03)
Já usei esse argumento ainda ontem, fazer o que: quando o centro da história é um esquadrão especial para crimes muito complicado fica difícil administrar as coisas. O crime não pode ser qualquer um, mas também não pode ser especial demais, se não é coisa do FBI. Law&Order Criminal Intent sempre foi bom demais nesse quesito, sempre conseguiu justificar muito bem porque eram aquelas pessoas na investigação. Unforgettable, nem tanto.

Porque se é a ameaça de uma assassina internacional envolvida com um grupo terrorista matar o representante de outro país em solo americano alguém me explica por que é que não é o FBI em campo?

Agora, o que a gente tem de valorizar é o fato de que alguém conseguiu passar a perna na Carrie: Jackie enganou direitinho com a história das pistas falsas deixadas no quarto de hotel e com sua “falsa” morte por veneno. Nada como estudar antes de executar um trabalho, não é mesmo? Até porque eles pisaram feio na bola no tal café: se a moça é tão boa eles podiam ter fingido um pouco melhor.

Ainda assim, os 10 primeiros minutos do episódio foram o que de melhor ele teve, enquanto a gente ainda não sabia exatamente qual era o crime da noite e Carrie descobriu o tal dispositivo no tubo de ar condicionado.

P.S. Fiquei esperando o casal pular de paraquedas.

P.S. do P.S. Alguém me explica porque levaram o Al para o departamento também? Porque eu sei o que o japa faz, o que a moça ex-FBI faz, o que a Carrie faz, o que a Joanne faz, até o que o Eliot faz. O Al só está lá para fazer piadinhas com a Carrie e criar tensão sexual?

P.S. do P.S. do P.S. Falando em tensão sexual: parece que os dois funcionavam melhor como casal na versão anterior da série.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. Law&Order Criminal Intent…. insubstituível. Morro de saudades do Bobby!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *