Um amor: Hilda

hilda bike bicicleta

Eu descobri Hilda quando procurava por posters legais para imprimir e decorar a casa. Buscava algo colorido e relacionado a bicicleta e acabei dando de cara com a linda imagem acima – impressa com impressora comum em papel fotográfico e enquadrada com moldura comprada pronta na Leroy Merlin. #ficadica

Bom, fato é que eu gamei nessa moça linda e desajeitada, que tinha como companhia, muitas vezes, um gato e um cachorro, aparecia lendo totalmente envolvida algum livro ou se deliciando com alguma gulodice e que, amor maior, usava um biquíni com “flour” escrito no bumbum.

Mal eu fazia ideia do que ela representava, até minha amiga Mica compartilhar este texto aqui.

Sim, um dos desenhos com Hilda pode valer hoje R$ 550.000, dá para imaginar?

Questão é que eu fiquei ainda mais apaixonada pela moça – para mais imagens segue meu painel no Pinterest – e acho que vou imprimir mais uns posters delas aqui para casa…

P.S. Só para lembrar: até Marylin Monroe seria considerada gorda para os padrões de hoje, então esqueça os padrões, ok?

P.S. do P.S. Como eu disse: eu me apaixonei por Hilda porque ela É linda e eu acho que não precisa acrescentar nada ao título de pinup que ela acabou ganhando. Ela é pinup e pronto. Ela é linda e pronto. Não precisa do “ela é linda mesmo gorda” ou algo do tipo, viu?

P.S. do P.S. do P.S. Gente, descobri que hoje é Dia da Gorda minutos depois de publicar esse texto! Foi coincidência, apenas o universo conspirando ao meu favor. Espero inspirar mais gente a ser feliz como é, viu?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *