Once Upon A Time: Tallahassee (2×6)

Tá, eu ainda tenho meus medos, mas devo dizer que curti demais esse episódio de Once Upon A Time. Como eu já tinha dito, eu lembro com muito carinho da história de João e o Pé de Feijão, além disso agora deu pra entender porque a mulherada tá arrastando um caminhão pro Gancho – também estou.

E não foi só o meu amor a esta história em especial que fez com que eu curtisse nossa viagem a terra dos contos de fadas no tempo presente: ao que parece as meninas agora sim vão correr atrás de voltar pro lado de cá, nem que isso signifique enfrentar um gigante.

Um gigante que nem era mau de verdade, mas que acabou de vilão porque, ao final, quem conta a versão da história que é mais repetida é o vencedor. Os efeitos do mundo acima das nuvens foram uma coisa horrível, mas gostei de tudo que aconteceu por lá. Pena que o eterno Hurley de LOST fez participação tão pequenininha.

Continuo achando a Aurora uma mala sem alça, mas ela serviu bem pra mostrar o segredo não contado nos livros: quem sofre com a maldição do sono eterno, depois que acorda, é perseguido por pesadelos. Outro charme foi que essa novidade serviu direitinho de ligação com o tal Apanhador de Sonhos que Emma no hotel para o qual ela segue com o namorado…

E grande revelação da noite. Pra quem não lembra: o namorado de Emma, Neal, também pai de Henry, que a abandona porque o Pinóquio vive enfiando os pés pelas mãos, é o mesmo que recebe um postal quando a maldição finalmente é quebrada no final da temporada passada.

O bom é que a história funcionou bem do lado de lá e no passado de Emma, então eu não liguei muito pro fato de Storybrooke ter se tornado tão sem graça nesses tempos em que é liderada pelo príncipe encantado – pelo menos se deixassem na mão de Regina a gente curtia mais.

Agora, o que eu queria saber mesmo mesmo é o que tinha naquela caixa pra que Neal, do mundo do lado de cá, aceitasse tão facilmente a história da maldição. Apostas?

P.S. Sério, esse moço Gancho é um charme gente! Por que deixar o coitado preso lá?

P.S. do P.S. Na temporada passada muita gente apostou que o moço do bigodinho estranho é o filho do Rumplescoiso. Não deixaria de ser irônico Henry ser neto dele, mas como foi ele que garantiu que Henry fosse levado para Regina, o que indica que ele encontrou e seguiu Emma, ele saberia disso também, não?

P.S. do P.S. do P.S. Qual será o verdadeiro significado do sonho dos amaldiçoados?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

11 Comentários


  1. Com tantos atores bonitos na série , bem que poderiam ter arrumado um mais bonito p/ ser o pai do Henry, não? Sem falar que ele é meio velho p/ ela.
    E o Pinóquio hein? Só mandou a chave do fusca p/ Emma. Ele embolsou o dinheiro dado pelo Neal.

    A Aurora é muito chata, mas nos próximos capítulos, ela vai ter uma finalidade na história!

    Responder

    1. Menina, Pinóquio é um ser muito confuso quanto a ideia de ser um bom rapaz: primeiro deixa a menina sozinha no mundo, depois mete o pé pelas mãos e faz com que ela perca o namorado e ainda fica com a grana.

      Responder

  2. Talvez não soubesse, porque a Emma cortou completamente o contato com o pai do Henry, né? Rumpel pode ter começado a segui-la só depois da separação.

    Pinóquio também é confuso na historinha, acho que estão retratando bem essa dualidade: ele quer ser bom, mas vive sucumbindo. Precisava mesmo de um grilo falante.

    E sim, o Gancho é lindo!!!

    Responder

    1. Então, como eu falei pra Su: mas se fosse ele lembraria do seu outro mundo, porque não veio na maldição que fez com que os outros esquecessem quem eram. Ele não saberia quem é a Emma porque tudo isso aconteceu depois dele partir, mas saberia do mundo encantado e mesmo do Pinóquio.

      Sim, Pinóquio, Chapeuzinho, Branca, Bela, esses personagens todos estão muito bem trabalhados. Adoro!

      Responder

  3. Gancho é tudo!!! E tb amo a dualidade do Pinóquio, nesse epsódio fiquei curiosa com o que o August mostrou pro pai do Henry. O q seria tão convincente afinal?

    Responder

  4. “Na temporada passada muita gente apostou que o moço do bigodinho estranho é o filho do Rumplescoiso. Não deixaria de ser irônico Henry ser neto dele, mas como foi ele que garantiu que Henry fosse levado para Regina, o que indica que ele encontrou e seguiu Emma, ele saberia disso também, não?”

    Não necessariamente. Emma só descobriu que estava grávida na prisão. E por que eu aposto que ele É Mr. Gold Jr: quando Pinóquio fala da maldição e mostra sei-lá-o-quê pro rapaz, ele na mesma hora aceita ir pra longe da Emma E pede que Pinóquio o avise do fim da maldição. Tudo bem que o mundo tá muito biruta, mas se ele não tivesse vindo do lado de lá ia engolir assim tudo numa boa?

    Pra mim ele é o Jr – o que torna a história extremamente mais saborosa, porque não teremos mais Emma brigando com Regina; teremos o plus de Rumple x Cora, dois avós brigando pelo neto. Olha que beleza, que suculento!

    Responder

    1. Mas ele ia lembrar quem ele era, mesmo não sabendo da Emma, porque ele não veio com a maldição. Então o Pinóquio não precisaria mostrar algo pra convencê-lo. Você não acha?

      Apesar de eu achar bem suculenta sua sugestão…

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *