Parenthood: New Plan (02×20)

Eu não gosto de Crosby, vocês sabem disso, então eu passei boa parte do episódio irritada, já que a trama central era sua decisão, desde já errada, de comprar uma casa para Jasmine e assim convencê-la a voltar depois de sua enorme pisada na bola.

Crosby tenta amadurecer, mas me dá a sensação de andar para trás. Ao invés de repensar o que fez, ser sincero consigo mesmo de que a relação não estava certa muito antes dele ter ficado com a tal terapeuta – eu jamais esquecerei sua cara quando pediu Jasmine em casamento: perdido – e que o melhor a fazer é ele levar a sério a função de pai e seguir com sua vida. Ao invés disso ele se enfia numa enorme dívida para comprar uma casa caindo aos pedaços.

Outra que me irritou no episódio: Amber. Não, não é nada fácil passar pelo que ela está passando, é horrível não saber o que se quer realmente da vida e ter pais que te pressionam mesmo que sem querer ao seguir o caminho que queriam para eles – falo com conhecimento de causa – mas também adianta de repente resolvatr,  jogar tudo isso neles, se fazer de vítima e tornar isso uma opção de vida? Não dá, não.

Até porque, se fazer de vítima não será muito diferente do que sua mãe fez ao longo da vida dela.

Finalmente temos Haddie e o baile de formatura. Bom, eu adoro esses rituais de passagem, e os americanos os valorizam ainda mais, mas não acho que ter dormido com Alex tenha sido uma boa decisão, para os dois. Apostas em problemas a frente?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. A Amber revoltada me surpreendeu. Ela, que cresceu vendo a mãe tomar as mesmas decisões, devia pensar melhor. Eu falo com conhecimento de causa também. A vontade é de largar tudo e desistir, mas tudo o que Amber não quer é ter o mesmo destino da mãe.

    Sobre Haddie dormir com Alex, sabe que eu pouco me importo? Ai, essa menina não me desce. É muito mimada, muito criança, e acha que as coisas se resolvem na base do grito e do choro.

    Eu gosto de Crosby, mas concordo com o que disse. Ele tenta crescer, mas só anda pra trás.

    Responder

    1. Haddie realmente é uma personagem difícil, você não consegue criar empatia com ela. Já Crosby me irrita até, mas tenho uma tendência a desgostar desse povo que se faz de vitímas eternas, crianções.

      Responder

  2. Eu tb detesto o Crosby, muito eterno adolescente para o meu godo, mas reconheço que o ator faz bem o papel. ?

    Responder

    1. Lourdes: é um daqueles casos em que ou o ator é muito bom ou ele é um mala igual ao personagem, risos. Adoro Parenthood, acho que os dramas são muito reais e por conta disso a gente se identifica muito. Parece que a terceira temporada está bem lá fora, vamos torcer para o povo descobrir a série.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *