7 comentários em “Livro: Um Dia”

  1. Lara Lima
    Lara Lima 14/10/2011 em 9:31 am

    Acabei de ler o livro ontem, levei três dias e acho que foi meu recorde rs, mas não paro de pensar em Dexter e Emma. O livro me deixou sem palavras e provocou em mim vários sentimentos. Ao mesmo tempo que amei o Dexter, queria socá-lo. E eu tenho um pouco da Emma, aliás, muito, então me apaixonei por ela. Mas eu senti que o final deixou a desejar. Quando acabei fiquei me perguntando: “tem mais?” Eu não sei o que, mas faltou alguma coisa.

    Vou ficar pensando nesse livro muitos dias ainda.

    ***

    No livro há uma referência à O Morro dos Ventos Uivantes. Eu li esse livro uma vez aos trancos e barrancos, achei muito chato, extremamente chato, e confesso que não vejo nada de bom a não ser a famosa frase “não posso viver sem minha alma” citada por todos os filmes e livros hoje em dia. To chegando a conclusão que eu não entendi o livro……vou tentar mais uma vez pra ver porque as pessoas o acham tão especial.

    Bjs

    1. Simone Miletic
      Simone Miletic 14/10/2011 em 9:36 am

      Lara, eu ODEIO Morro dos Ventos Uivantes, risos. Então acho que não entendi também 😛

      Eu não gostei de Dexter, eu simplesmente não conseguia entender porque Emma não achava outra pessoa, ela merecia tanto mais. Mas triste mesmo é ela ter conseguido o que sonhava e nem poder aproveitar… Ai,ai, lá vou eu chorar de novo…

      1. Lara Lima
        Lara Lima 15/10/2011 em 7:00 pm

        Me incomodava muito a bebedeira dele e o uso de drogas, eu achava aquilo muito distante da minha realidade ou da realidade que conheço. Mas sei que na Inglaterra os jovens, principalmente naquela época, bebiam e usavam nessa quantidade, nessa qualidade do livro.

        Mas eu amei o Dexter. E eu amava a relação dos dois. Era até uma atração inexplicável, algo trazia o Dexter para a Emma de uma forma que não dava pra evitar. Mas sim, foi triste ela não poder aproveitar o que esperou vinte anos pra viver.

        Eu acho que só faltou o Dexter admitir isso. Reconhecer que ele perdeu tempo aproveitando a vida, enquanto a sua grande amiga estava ali ao seu lado, né?

        Você sabe que eu não chorei quando li? Eu senti uma pontada no peito e foi como um puxão de orelha, mas não chorei. E olha que eu choro com comercial de margarina, hein? Não sei bem explicar. Acho que mais pra frente vou ler novamente. Sem dúvida me tocou bastante.

        Bjs.

  2. Tha
    Tha 18/11/2011 em 5:57 pm

    Eu também li em apenas 5 dias foi o meu record, não imaginava que esse livro iria ser tão bom, eu simplesmente amei de verdade, vou até ler de novo!

  3. Allana Pires
    Allana Pires 29/12/2011 em 4:17 pm

    gente, vocês podem me dizer qual é a frase da capa de trás do livro? brigada desde já :)))

  4. Bruna
    Bruna 17/01/2012 em 4:18 pm

    Acabei de ler o livro ontem. E, simplesmente AMEI!!! A princípio, fiquei desconfiada porque é um gênero que não tem muito a ver comigo. Prefiro algo com um maior teor de suspense, com um final inesperado…
    Mas, acabei adorando porque a história é muito bem contada e também porque pude perceber o quanto inesperada é a vida. O quanto ela é surpreendente. E para isso, não precisa ocorrer nada tão apoteótico.
    Claro que também há uma grande identificação com os persnagens e suas incertezas inerentes a qualquer ser, principalmente na faixa dos vinte poucos anos.
    Bem, restarão muitas reflexões sobre o livro por alguns dias… até o próximo livro bom que terei a sorte de ler!

  5. Andresa Trentini
    Andresa Trentini 11/02/2012 em 12:35 am

    Acabei de ler o livro há 2 dias e não consigo pensar em outra coisa, que não em Em e Dex… AMEI! Tanto que também escrevi um post sobre ele no meu blog, que não tem nada a ver com livros… rs http://escreveandresa.blogspot.com/2012/02/um-dia-li-ate-o-final-e-nao-me.html
    Adorei seu blog! Bjs

Deixe seu Comentário