Debaixo dos caracóis dos meus cabelos…

Ontem, num grupo para Pais e Mães lá do Facebook eu li a dúvida de uma mãe: como cuidar dos cabelos cacheados da filha, que davam muito trabalho.

Não me contive: mas cabelo cacheado não dá trabalho!!! E, quando vi, já estava dando até conselho para as mães de como cuidar dos seus cabelos, vê se pode.

Quem me conhece sabe que eu sou apaixonada pelo meu cabelo, pelos cachinhos que me acompanham nas aventuras dessa vida. Sim, eu já fiz chapinha, mas um cabelo liso pouco tem a ver com a pessoa que sou. Além disso, sou prática demais e só de pensar em depender de um cabelereiro, ou do secador, ou de muita hidratação para segurar a onda de uma escova definitiva me causa calafrios.

Mas a voz corrente lá no tópico do grupo era de que cabelo cacheado dá trabalho, então trouxe o tópico para cá, para dividir com vocês umas dicas. Espero mesmo que gostem e, mais, que elas ajudem a vocês saírem por aí desfilando seus cachos bem mais felizes.

1. Lavando o cabelo cacheado: aqui vale a minha máxima de que produto caro nem sempre é produto bom, ou melhor, não é porque é caro que vai dar certo com você. Vale experimentar muito e você pode se surpreender de como um shampoo barato pode dar certo. Eu atualmente estou usando a linha da Elséve com colágeno, aquela da propaganda com a Thaís Araújo, e adoro. A dupla shampoo e condicionador nunca sai mais que R$ 12,00.

É importante enxaguar bem o cabelo, não deixando resíduos. Resista bravamente a ideia de deixar condicionador para que o cabelo “abaixe”. Condicionador é produto para ser retirado, ao deixá-lo no cabelo, além deste ficar opaco e pesado, você pode acabar arrumando caspa para se coçar. Uma dica importante é: PENTEAR O CABELO COM O CONDICIONADOR AINDA NELE. Além de facilitar o trabalho, fazer isso com um pente de madeira de dentes largos evita que o cabelo fique todo quebrado.

2. O tal creme para pentear: Nesse caso vale a pena gastar um pouco mais porque o produto vai passar pelo menos um dia inteiro na sua cabelça, não é mesmo? A dica que repete é o fato de testar até achar um que se dê bem com você. Eu já usei um da Amend Gold cujo pote é horrível (brega, azul e dourado), mas que funcionava muito bem. Também já usei finalizadores da Paulo Mitchell, que também fazem um bom trabalho.

O ideal é que ele seja um ativador dos cachos e que evite o frizz, terror número um da mulherada. Eu tenho usados os produtos da TIGI, marca internacional de produtos de beleza que tem uma gama enorme de produtos para cabelos cacheados e crespos, inclusive masculinos. Já usei esse e esse, atualmente não largo desse aqui. Os preços são salgados (olha que no Beleza Na Web eles saem pela metade do que você pagaria no salão de beleza, mas precisa ficar de olho porque esgotam rapidinho), mas os produtos duram muito e cumprem o que prometem.

Outra dica importante: após sair do banho seque o cabelo apenas apertando a toalha nele, esfregar aumenta o frizz e quebra o cabelo, e aplique o produto das pontas para cima, dando sacudidinhas e afofando as pontas. Comece com pouco produto nas mãos e distribua bem. Eu sei que a gente tem uma vontade enorme de encher de creme, mas, de novo, o resultado é peso e falta de brilho. A medida que você vai fazendo você vai aprendendo qual a dose certa para não deixar pesado e ainda deixar com formato legal. Nada impede que você dê uma segunda passada quando o cabelo já estiver mais seco, você aproveita para dar uma ajeitadinha pro lado que quer.

Se for usar o secador sempre use o difusor (é aquela coisa que você coloca na ponta do secador e parece uma xícara cheia de gominhos), você seca de baixo para cima, colocando as porções de cabelos dentro do difusor, assim ele não cria volume e os cachos ficam melhor definidos.

3. E muito importante: NUNCA penteie um cabelo cacheado ou crespo seco. NUNCA é NUNCA mesmo, sem exceção. tenho fotos terríveis de infância e adolescência em que minha mãe insistia em fazer isso e eu ficava parecendo que fazia parte da Tropicália (tipo isso).

Ao pentear você desmancha os cachos e acaba com o movimento, de brinde ainda fica tudo armado. Nada bonito de se ver.

Se não der tempo para lavar o cabelo novamente use um umidificador de cachos ou o próprio creme para pentear que está acostumada e ajeite com os dedos bem aberto, tentando respeitar o movimento e direção dos cachos. O resultado é bem melhor.

Eu costumo lavar os cabelos a noite, quando chego em casa, porque assim eu não exponho o cabelo ao vento e sujeira da rua ainda molhada, quando acordo de manhã eu só dou essa ajeitada que falei para vocês.

4. Um truque secreto: Mas Simone, cabelo cacheado parece sempre estar desarrumado. Então, eu também achava isso. Até que aprendi o truque com meu cabelereiro: seque a franja. Isso mesmo. Ah, mas eu não tenho franja. Pegue o pente e levante o cabelo próximo da testa como se fosse fazer um topete, deixando o pente por trás e a mecha de cabelo bem lisa na frente e coloque o secador perto e para cima, passe o finalizador (creme para pentear) depois de ter seco bem usando os dedos e sem carregar demais nessa franja. Outra opção é separar a franja ou mecha e secar com uma escova larga arredondada para baixo mesmo e depois levar ela para trás ao passar o creme. Nos dois casos você vai ter esse “it” que faz com que seu cabelo cacheado fique com cara de arrumado.

Ah se você acha que tá fácil porque eu tenho cabelo mais curto, até casar eu tinha o cabelo enorme, chegando a cobrir o quadril. Mas curei dessa ideia de que só cabelo cumprido é bonito: cabelo bonito é aquele que combina com você.

Ah, algo que vale para qualquer tipo de cabelo: tenha um bom cabelereiro, ele vai lhe ajudar a encontrar o melhor corte para o seu tipo de cabelo e estilo. Às vezes a gente insiste em algo para depois descobrir que podia ficar muito melhor (eu e o cabelo curto) de outra forma. Isso pode significar gastar um pouco mais (eu deixo as calças no cabelereiro regularmente), mas vai significar gastar menos com um monte de coisa e, de quebra, se sentir muito melhor com você mesma.

Por último, para os pequenos e pequenas: Natura e Johnsons já possuem linhas com ótimos produtos pros cabelos cacheados e crespos, é só manter a escova longe e usar o pente só no banho que tudo vai ficar bem.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

11 Comentários


  1. Si, não consigo te imaginar de cabelo liso. nunca mesmo!; teus cachinhos é q fazem de ti a minha Si querida 🙂

    li tudinho, mesmo não tendo cachos. vou te dizer q esse truque de secar a franja é algo q eu pratico mesmo assim, sabe? e nem sabia q era truque, achava q era uma coisa q só eu fazia, hehehe. é q meu cabelo é assim: se eu fizer uma escova (ou mesmo se eu só secar ele com secador), ele fica liso; mas se eu deixar secar ao natural, dando umas amassadinhas, ele fica ondulado, com cara de garota de praia. mas nunca curti minha franja nesse segundo caso, por isso sempre faço isso: ou seco só ela com o secador, ou então prendo tudo do lado com um grampinho. acho super bacana qdo meu cabelo fica onduladão, mas não gosto do efeito na franja.

    beijos, e saudades, muitas!

    Responder

    1. Vou digitalizar a foto procê ver, é uma coisa absurda de estranha, risos.

      Também tô com muitas saudades suas, ando tão enrolada por aqui que só vejo suas mensagens no twitter, mas nem sempre consigo papear.

      Separa dinheiro – além do Chile e de BA – para vir para cá né?
      Beijos

      Responder

  2. Si, eu sou uma das vítimas da Mãe De Cabelo Liso. Minha mãe, tadinha, não sabia como lidar com os cachos e sempre passou pente e escova no pobre coitado quando ainda estava liso. Traumas horripilantes de infância.

    Acho que essa é a principal recomendação pra quem tem cabelo cacheado: JAMAIS, NUNCA, EM HIPÓTESE ALGUMA, PENTEIE O CABELO SECO.

    Eu tb tenho orgulho dos meus cachos, e apesar de já ter experimentado a progressiva, não acho que cabelo liso combina comigo. Sem contar que né, saia na rua e só o que você vê é todo mundo com a mesma cara, aquele cabelo liso sem graça. Cabelo cacheado é tudo, tenho muito orgulho do meu!

    Responder

  3. e eu, japa, que desde sempre invejei os cachos da minha prima mestiça? fiz permanente minha adolescência inteira, meu cabelo é ruim de pegar aquela outra técnica que esqueci o nome. quando vejo menininha de cachinho na rua tenho vontade de levar pra casa.
    🙂

    Responder

    1. Risos, vai acabar adotando uma de cabelo cacheado é?

      Mas você vê, hoje a mulherada por aqui pegou uma birra que preferem andar todas iguaizinhas loirinhas e de chapinha que ter cabelo cacheado virou um diferencial e tanto.

      Responder

  4. Agora fiquei curiosa tanto para vê-la de cabelos lisos quanto para vê-la de cabelão comprido.
    Nossa, vc faz ter cachos parecer tão legal que até me dá vontade de tê-los (mas é naturalmente impossível).

    Responder

    1. Risos, não foi só você, acho que vou ter de arrumar umas fotos para mostrar, o que não é lá muito fácil pois foi bem antes da câmera digital virar praga.

      Agora, que é legal ter cacho é mesmo 😛

      Responder

  5. Oi Conheci teu blog hj e tô adorando.

    tenho cabelo cacheado tb. E é o cacheado que gosto, que começa o cacho uns 5cm depois da raiz e faz cacho de médio pra grende. Aí dá pra levar, com todas essas dicas aí que a gente vai aprendendo na raça. E já tive minha fase usando progressiva tb (tem seu valor hehehe)

    Mas olha, na boa, se fosse daqueles beeeem crespo, com cachinho pequeno tóin-oin-oin (popular bucha) eu não saberia como lidar não, dá desespero só de olhar.

    Parabéns pelo blog, é muito fofo e bom de ler
    Layana

    Responder

    1. Oi Layana,

      Obrigada!!! Volte sempre por aqui com seus cabelos cacheados, ah, minha mãe tem o do tipo difícil, então sei bem do que está falando.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *