The Good Wife: Nine Hours (02×09)

No início do episódio pensamos que estaremos novamente discutindo Alicia e Will, mas foi apenas um sonho, talvez uma forma de demonstrar o quanto este assunto anda assombrando a advogada. Eu, que particularmente não sou muito fã do casal, prefiro que a coisa caminhe assim.

E não foi só o fato de novamente colocarem a história dos dois um pouco de lado que me deixou feliz, mas toda a trama do episódio, com especial destaque para a participação de Diane. Quanto mais tempo ela ganha na tela, mais eu gosto dela. Eu gosto dessa forma sutil com que vamos conhecendo a personagem, lá atrás suas posições políticas, aqui, uma pequena demonstração de que ela tem arrependimentos de suas atitudes no passado – é isso que ela tenta dizer para a filha de Carter ao telefone para convencê-la a ver seu pai.

Mas o grande trunfo do episódio foi a corrida contra o tempo para garantir que um inocente não fosse morto injustamente, sem que você tenha certeza alguma de que ele era realmente inocente.

P.S.1. Cary só sobe no meu conceito, merecidamente.

P.S.2. Achei forçada a reação de Peter na tal entrevista/debate. Político como é ele sabe que, ao voltar a concorrer, seu passado será remexido e eu esperava um movimento mais inteligente da parte dele.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *