Pensando mobilidade no Fórum Pegada Berrini

Ainda acredito firmemente que pequenas ações podem mudar o mundo. Optar por um produto menos prejudicial ou que ajude alguém, deixar o carro em casa, nem que seja uma vez por semana, reutilizar itens, doar roupas, lavar menos o carro.

Mas algumas pequenas ações dependem de outros: quantos de nós não gostariam de trabalhar de casa ou em horário diferenciado, mas para isso dependem da boa vontade de suas empresas? Pense na Avenida Luís Carlos Berrini, hoje tomada por enormes prédios empresariais que acabam por jogar todos os dias, ao final do dia, milhares de pessoas nas ruas de seu entorno. Pense agora no que é possível mudar.

Pois se você tem ideias que podem ajudar a melhor a qualidade de vida e, por consequência, o meio ambiente, apareça hoje no prédio da Vivo para discutir soluções de mobilidade com quem trabalha todo dia com esse objetivo:

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Bom dia,

    Estou fazendo um estudo com os ciclistas de São Paulo, que utilizam a bike como meio de transporte casa-trabalho/estudo. O projeto visa melhorar o relacionamento com os ciclistas de São Paulo e quebrar barreiras no destino.
    A pesquisa é rápida, tem apenas 8 perguntas. Se os amigos ciclistas puderem responder e divulgar, estaremos dando um passo para a melhoria nos serviços prestados para ciclistas.
    O link da pesquisa é: http://www.surveymonkey.com/s/Z9YJSF7

    Gostaria de entrar em contato com os amigos ciclistas para poder explicar melhor, meu e-mail é
    ro7verde@hotmail.com
    Grande abraço,
    Rodrigo
    Analista de Projetos Financeiros e de Viabilidade de Negócios

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *