3 comentários em “Criança não rima com violência”

  1. Cabelo
    Cabelo 22/11/2010 em 1:53 pm

    Realmente um assunto espinhoso. Certa vez fiz um comentário de que achava estranho um pai ter que usar a força para educar. Na roda de amigos em que estava, quase todos disseram que usar a “palmada educativa” é indispensável para dar limites… Cresci com a idéia de que o refúgio do ignorante é a violência, então não concordo. Mas o contraponto que fez é super importante mesmo, uma coisa é dar a palmadinha, a outra é descontar a frustração machucando os pequenos.

    Valeu!
    😉

    1. Simone Miletic
      Simone Miletic 23/11/2010 em 1:17 pm

      Acho que, na verdade, é porque a gente aprende a ser pai sendo e isso gera tanta dúvida quanto culpa…

Deixe seu Comentário