Three Rivers: Case Histories (01×12)

Sim, Oded Fehr é o bonitão do primeiro filme A Múmia – ele faz mais meu tipo que Bredan Fraiser – mas a questão é que desde sua participação na última temporada de Medium eu peguei uma birra tão grande dele que é ele aparecer na tela que eu já fecho a cara e acho que ele é um vilão. Talvez seja sinal de que ele trabalhou muito bem quando fez o médico que assassinava quem queria em um hospital e que não foi pego por Allison.

Só que aqui ele voltou como médico, o que só aumentou a semelhança, e Andy ainda tem problemas com ele trazidos do passado, ou seja, já fiquei com os dois pés atrás. Junte-se a isso a intromissão no caso que Andy estava monitorando e pronto.

Logo que ele palpitou meu marido já saiu com o “ih, esse cara vai morrer”. Eu sai com “ou isso ou ele vai sobreviver e os dois vão voltar a ser amigos”. Dito e feito: Andy e o Dr. Bovell conseguem salvar a vida do rapaz após uma cirurgia conjunta e encerram o episódio num bate papo bem mais amistoso que no início.

A entrada de Dr. Bovell pareceu ter sido desenhada para um arco maior, quem sabe para desenhar um novo caminho, mas a essa altura o seriado já tinha seu destino decidido.

Uma pena.

P.S. Estou sem o vídeo comigo agora para extrair uma imagem legal e acabei aproveitando uma da internet, prometo reparar depois.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Gostei deste episódio assim como gostei de todos.
    Não gostei da entrada do Dr. Bovell na série.
    Miranda Foster como sempre arrasou. Adoro este personagem e sou fã de carteirinha da Kate.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *