Cinema: Shrek Para Sempre

Eu sou uma Ogra!!!!!

A brincadeirinha aí de cima é apenas uma das disponíveis no site especial que o Mcdonalds preparou para o lançamento do último filme da saga de um ogro que resolve ser herói, salvar uma princesa e vê sua vida virada ao contrário.

A empresa é a licenciada oficial da marca no Brasil e não economizou nas novidades: além do aplicativo que permite a você transformar qualquer pessoa em ogro, existe um espaço especial para mães, as 10 surpresas do McLanche Feliz (ganhei num sorteio na pré-estréia e a Carol está se divertindo), cada um falando uma diferente frase do filme, e um lanche especial, que leva a base do McCheddar e ganha Petroni e vem acompanhada das já conhecidas batatas fritas, agora acompanhadas de um molho à base de rúcula.

E foi a convite da empresa, na pessoa super gracinha da Carol Naumann, que eu fui assistir à pré-estréia do filme em São Paulo. Opinião: corre e leve seus pequenos, nem que seja aquele pequeno que existe dentro de você!

O filme é realmente uma graça e encerra muito bem as aventuras de Shrek, o ogro antipático que é um amor: as cenas iniciais mostram de forma super divertida qual a nova rotina de Shrek. Na festa de um ano de aniversário de seus três fofos bebês, ele acaba se descontrolando e acaba aceitando um acordo com Rupelstiltskin, um duende saído de algum antiga lenda nórdica e que sempre tem um segredo na manga para acabar com a alegria de quem se mete com ele.

A partir daí Shrek precisa correr atrás do prejuízo para não perder tudo que mais ama em sua vida, contando, é claro, com a ajuda do Burro Falante e do Gato de Botas, aqui um gato gordo, sem botas, mas de laçarote rosa e que adora uma escovada.

Então esqueça aquelas poucas críticas negativas, com certeza escritas por adultos que não conseguem resgatar o olhar de criança ao assistirem à um desenho, e se divirta com as piadas e chore nos momentos emocionantes. Alguns acham que o desenho deixou de ser revolucionário, eu acho uma linda fantasia.

Diversão garantida para toda a família. Depois me conta se não é verdade.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *