Hairspray no Teatro Abril

Hairspray é um dos filmes preferidos da Carol – junto com High School Musical, Mamma Mia e Grease, sim minha filha ama musicais. As músicas do filme tocam muito no rádio do carro e no MP3 dela, e também tocam no meu.

Desde a estréia da peça no Teatro Bradesco do Shopping Bourbon de São Paulo nós falávamos de assistir, mas nunca acontecia. Os preços não são exatamente os mais baratos comparados aos das peças infantis. Ao saber que a peça só fica em cartaz até o próximo dia 13 de Junho nos enchemos de coragem e compramos os ingressos.

Domingo dia 30 de Maio fomos conhecer o teatro – que é bastante bonito e me lembrou muito o Teatro Alpha, em menor escala – e a experiência foi realmente boa, o dinheiro gasto com os ingressos realmente valeu!

A história é a mesma do filme: a romântica Tracy é louca por um programa de dança da TV e sonha com sua chance de brilhar, o problema é que ela não atende aos padrões de beleza ditados e está no grupo dos excluídos – qualquer semelhança com o sucesso televisivo atual Glee não deve ser mera coincidência. Para realizar seus sonhos ela vai se meter no seu tanto de confusão, encontrar novos amigos e um amor verdadeiro.

O grande segredo do sucesso do filme e da peça são as músicas, bastante inspiradas, e as atrizes que interpretam Tracy, no caso da peça a estreante Simone Gutierrez, e os atores que interpretam sua mãe, no filme John Travolta, na peça Edson Celulari. É importante ressaltar que Celulari dá um show de dança, canto e bom humor.

Infelizmente no dia em que assistimos à peça Arlete Sales não participou no papel da malvada Velma, tenho certeza que ela deve arrasar. Já Danielle Winits e Jonatan Faroo estão bastante apagados – comparados com os atores que interpretam os papéis no filme, então, perdem de longe (a linda e graciosa Brittany Snow e o eleito das meninas Zac Efron).

Se tenho alguma reclamação é o fato de não ser vendido um CD com as músicas em português: as versões nacionais ficaram tão divertidas que merecíamos poder trazê-las para casa! Na falta delas estamos ouvindo o CD original durante esta semana toda mesmo…

Dica: no mapa de acentos as frisas laterais aparecem como vista prejudicada. Elas são mais baratas que os ingressos para as platéias Prime VIP e Prime, mas se conseguir ingressos para a fileira mais baixa das frisas você com certeza conseguirá assistir a tudo sem problemas, e até melhor que na platéia Prime, a que escolhemos.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *