Royal Pains: The Honeymoon’s Over (01×08)

O episódio era para ser ótimo, afinal contou com a participação especial de Lee Tergesen e Peter Jacobson, mas o excesso de tempo de Evan, e seus excessos, me deu náuseas. Sério, o personagem passou de engraçadinho para pentelho mor nos últimos episódios. E o fato dos roteiristas fazerem questão de colocar ele e Divya constantemente juntos, já que em teoria, os dois são opostos e isso geraria boas situações, só acaba me deixando com mais raiva e acaba fazendo com que ela perca boas chances de ter ótimas cenas.

Imagine, por exemplo, as primeiras cenas dela com como seriam boas apenas pelo timing deles, ela tentando se impor, ele recuando. Mas tem o Evan sobrando na cena e tirando a graça.

Do outro lado, não precisando carregar o mala do irmão, Hank teve um excelente episódio, não deu uma de McGayver, e ainda teve um ótimo paciente para se impor quanto as vontades dele. E o fato dele perceber a doença do ilustrador por causa da cor da personagem foi uma ótima sacada de roteiro.

Hank até achou que se saiu muito bem de tudo, não fosse o telefone de Jill tocando enquanto os dois “fazem as pazes”. Sinal de problemas no front soldado.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *