Law&Order SVU: Swing (10×03)

Quem cresceu assistindo Sally Field no papel da bi-polar mãe de Abby Lockheart em ER levante suas mãos? Se você respondeu sim para esta primeira questão me responda o seguinte: você conseguiu criar alguma empatia com a mãe de Stabler? Ter pena dela?

Não me entendam mal, Ellen Burstyn ficou muito bem no papel da mãe de Elliot. É que depois de anos vendo a mãe de Abby ir e vir e fazer sua filha sofrer eu não poderia me compadecer dela. Acho, inclusive, que este foi um episódio de Elliot.

Seu desespero em ver sua filha mais velha a “beira da loucura”, envolvida com drogas pesadas e, mais que tudo, sem respeito algum por si mesma ou por sua família. Depois, quando ele fica consciente de que ele não podia fazer mais nada por sua filha, que era preciso deixar que ela suportasse as consequências de seus atos e isso em nada alívia sua dor. Em cada momento você vê no rosto dele que não existem decisões fáceis.

Eu tenho o costume de criticar os roteiristas de SVU por escolherem o caminho mais fácil, ou não escolheram caminho algum, então devo elogiar agora o fato de terem tomado uma decisão polêmica, que deve ter deixado muito gente desgostosa ou revoltada.

Eu fico ao lado de Elliot. Eu acho que ele tomou a única decisão possível. Cheguei a ficar com raiva da esposa dele pelo tapa que deu em seu rosto. E fiquei tão aliviada quanto ele quando Kathleen assume sua culpa e diz que fará o necessário para ser curada.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. Eu naum cresci assistindo ER (tenho 16 anos apenas, teria que começar a assistir com 1 ano de idade, o que não é mt legal), mas passei o último ano vendo as reprises e me apaixonei pela personagem de Sally Field, pra mim a melhor bi-bolar da TV. Ela mudava de humor sem vc perceber e de um jeito brilhante.
    Por isso o tempo td eu lembrava dela e, apesar da mãe de Elliot ter ido mt bem, naum foi cm Field

    Responder

  2. Eu gosto da Ellen, mas nao tive empatia pela mae de Stabler, deu pra entende-lo bem mais. Já viu que quase todos os que estão em SVU tiveram infâncias conturbadas????
    Só falta a gente entender melhor o passado do capitão.

    Responder

  3. Eu sou bipolar e sempre me emociono quando o assunto é tratado. Mas, sempre acho tudo muito caricato. A mãe do Elliot é do tipo psicótica, o mais incomum. Claro que o fato dela ter optado por não tomar a medicação foi bem explorado.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *