Tô ficando famosa gente!!! Risos

Semana passada fui procurada por uma jornalista do Jornal de Jundiaí, uma cidade próxima de São Paulo. Ela estava fazendo uma reportagem sobre os fanáticos por seriados de televisão e acabou me encontrando no meio do caminho. A reportagem foi publicada no dia 28 de Setembro e segue abaixo, na íntegra:

Entre uma temporada e outra… eles ficam perdidos!

Por Roberta Borges

O avião de número 815, da Oceanic Airlines, cai em uma ilha tropical em algum ponto do Oceano Pacífico. O susto do acidente faz com que os 48 sobreviventes, machucados, corram de um lado para o outro, em desespero. À espera de um resgate, eles passam a buscar um modo de viver na ilha. Encontram água fresca, colhem frutas, pescam e montam cabanas com os restos do avião. Até que são envolvidos por uma rede de mistérios. Esta é a história de Lost, série de TV norte-americana que estreou nos Estados Unidos no dia 22 de setembro de 2004. Até hoje, o público conferiu as aventuras pelas quais os sobreviventes passaram e as descobertas que fizeram em três temporadas da série. Foram 69 episódios, com 42 minutos cada – 2.898 minutos de Lost que ainda deixam curiosidade e dúvidas de sobra.

Para desvendar mais uma parte do mistério, os fãs do seriado aguardam, ansiosos, a quarta temporada de Lost. Porém, vão ter de esperar… A estréia está prevista, nos Estados Unidos, apenas para fevereiro. No Brasil, os novos episódios devem começar a ser transmitidos na mesma época. Todas essas informações deixam aflito o designer gráfico Rodrigo Salvador Buzzetto, 26 anos. Rodrigo assistiu à primeira temporada de Lost pela TV Globo, a segunda na tv à cabo e a terceira… “Baixei na internet. Não aguentei esperar”, conta. Para ele, nada se compara a Lost. “É uma série original, diferente”, diz Rodrigo, que já foi fã de Dawson’s Creek.

Contando cada segundo

O designer, no entanto, tem um comportamento diferente dos outros fanáticos: não gosta de saber nada antes. “Gosto do mistério. Evito ler alguma coisa, porque pode não ser verdade e perde a graça”, avalia. Rodrigo está riscando do calendário cada dia que falta para fevereiro chegar. Ele se diverte assistindo a terceira temporada – de novo e de novo – e os extras dos DVDs oficiais. “Não vejo a hora de estrear novamente.”

No trabalho, ele encontra uma boa companhia para conversar sobre os rumos de Lost – a radialista Ana Carolina Costa, 23 anos. Carolina era fã de Friends, do qual tem as 10 temporadas, que ela vira-e-mexe assiste pela quarta, quinta, sexta vez. “Quando terminou na TV, até chorei”, lembra.

Hoje, a radialista divide o tempo entre o novo Heroes – que chega à segunda temporada – e Lost. Ao contrário do amigo, ela prefere saber o que vai acontecer antes. “Compro revistas, assisto vídeos no YouTube. Fico muito curiosa.” A ansiedade é compartilhada com o estudante de Relações Públicas Vinícius Veloso, 19 anos, que também está no embalo de ver toda a terceira temporada antes que a quarta venha. “Quando assisti a última, vi em partes. Agora quero ver tudo de novo, mas de uma vez só. Serão dois fins de semana dedicados para isso.”

Vinícius não vê a hora de saber se os sobreviventes da queda do avião conseguirão sair da ilha de verdade. “É complicado porque a ilha é o grande personagem”, observa. Enquanto isso, ele foge de qualquer informação que possa estragar o prazer da novidade. E, como Rodrigo e Carolina, fica perdido (lost, em inglês), até fevereiro.

Contadora é a sabe-tudo das séries de TV

Quer saber quando começa a temporada do seu seriado predileto? Perdeu o último episódio? Não sabe o horário em que a série é reprisada? Não se preocupe. Todas essas informações podem ser encontradas no endereço http://soseriadosdetv.wordpress.com , um dos muitos blogs na internet dedicados às séries de TV.

A dona da idéia é a contadora Simone Fernandes Miletic, 31 anos, que reuniu tudo sobre os seriados que estão na telinha agora e os que ficaram para trás há algum tempo e conquistaram o público. “Comecei a assistir seriados quando ainda era criança. Na época, a Globo exibia muitos.” Com o tempo, Simone se interessou por Barrados no Baile e Friends. Até já curtiu Lost, mas hoje não perde um episódio de Bones, Boston Legal e Studio 60. “Este (Studio 60) é o meu amor número um, mas até já parou de ser transmitido nos Estados Unidos”, lamenta.

A contadora não passa sequer um dia sem assistir seriados. “Vejo todo dia e, quando há dois no mesmo horário, gravo e assisto no fim de semana.”

Informações preciosas

Segundo a especialista, esta é a semana em que as novas temporadas estréiam nos Estados Unidos. A previsão é de que os episódios cheguem ao Brasil em novembro – a exceção fica por conta de Lost, que estreará somente em fevereiro.

Lá fora, as temporadas terminam em junho e, entre este mês e setembro, as produtoras fazem o chamado ´mid season´, quando colocam no ar alguns seriados como um teste na TV. Se forem bem aceitos pelo público eles continuam e se transformam em uma série, com temporadas.

Já os famosos, logo que passam nos Estados Unidos caem rapidamente na internet. “Duas horas depois de passar na TV eles já estão sendo baixados pelos mais fanáticos, com legenda e tudo.”

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

7 Comentários


  1. Parabéns Si-sabe-tudo de séries!
    É assim mesmo: o bom trabalho sempre tem reconhecimento!
    Beijão!

    Responder

  2. Parabéns, Simone, muito justo o reconhecimento, entro todo dia no seu site para me atualizar, espero que mais pessoas comecem a acessa-lo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *