Como foi sua semana?

A minha foi boa, um montão de seriado para ver, e até It Crowd prestou. Acho que esse será meu problema com It Crowd: depois de um episódio bom vem um legal e desse jeito vou ver a temporada toda, apesar de ser uma tremenda perda de tempo.

A segunda começou com a final de Medium, que já teve review postado aqui, que ficou devendo aos finais das temporadas passadas e até a alguns episódios dessa temporada mesmo. A história do assassino decaptador de cabeças ficou devendo um desenvolvimento melhor e acabou ressaltando alguns defeitos do seriado.

Quando mudei de canal para assistir Bones dei de cara com a novidade da FOX da pior maneira: vendo. Tava dublado, argh, com Brennan com uma vozinha profundamente irritante. Voltei correndo para a Sony e assisti Grey’s Anatomy. Acabei baixando Bones, e o review publico amanhã.

Grey’s também ficou devendo, teve um episódio fraco, tirando, como tem sido sempre, Cristina e Burke. Dessa vez escolhendo o bolo de casamento. Ou melhor, Burke querendo escolher e Cristina querendo que os outros escolhessem por ela. George e Izzie tentam recuperar sua amizade, mas Callie já percebeu que o negócio não está fácil para o lado dela e pede a Izzie que se afaste, apelando à moral da moça, que acaba cedendo.

Greys s3 e21

Agora, o caso do médico com um peixe pêgo no Amazonas dentro do seu pênis foi o caso mais bizarro que vi, e olha que eu assisti anos e anos de ER. Agora, quando Izzie chamou george de seu peixe do pênis foi perfeito. Ele tem cara de peixe, olhar de peixe morto para ser mais precisa.

Ahhh, os roteiristas podiam nos poupar de mais uma crise no relacionamento de Meredith e Derek, não podiam não? Oh coisinha irritante!!

As terças andam meio vazias… Tem Scrubs que, definitivamente, já teve anos bem melhores, mas não está entre os piores. Na terça a paródia foi feita sobre House, com Dr. Cox dando uma de médico pentelho descobrindo doenças esquisitas. Mas funciona melhor no campo das idéias.

Criminal Minds acabou me surpreendendo, eu não esperava tanto do episódio, mas ele foi muito bom. A review será amanhã no Teleséries. Aí vem po It Crowd, não tão desastroso. A tirada com o cara que fica olhando os servidores mas não faz a mínima idéia do porquê faz ou para quê não está tão longe da realidade, só que ele parecia Marilyn Mason.

The It Crowd

Quarta é dia de CSI: Miami e, mesmo odiando David Caruso, valeu a pena. O episódio Burned mostrou a equipe investigando um incêndio em uma casa, onde um rapaz acaba morto e sua noiva sobrevive. Ao longo do episódio descobrimos que a garota era perseguida por seu ex e, apesar de tudo, ele acabou sendo o responsável indireto pela morte do noivo: Ela e o noivo planejam colocar fogo na casa, compram corpos na universidade e a partir daí poderiam seguir com suas vidas.

Eles planejam fazer isso quando o ex estiver fora da casa vigiando-os, coisa que ele sempre faz. Mas nessa noite ele tem um plano próprio: fica longe da casa, equanto um cara contratado para matar os dois vai até a casa. O assassino acaba fazendo com que o fogo se acenda sem que o casal perceba e apenas a mulher consegue fugir.

O que deu um gostinho foi ver ele sendo preso pelo assassinato, mesmo não sendo a pessoa que acendeu o fogo.

A noite fechou com mais um GRANDE episódio de Desperate Housewives. Se for verdade o boato que rola na net de que o seriado ficou fora das indicações do Emmy por ter disputado como comédia eu vou ficar muito, muito chateada.

Em Into the Woods todas acabaram tendo ótimas histórias: Susan se enfia no meio da floresta para buscar Mike e se desculpar pela c#%$#& de não tê-lo escolhido. E, como só ela poderia fazer, consegue se perder, prender o cabelo em árvores, torcer o pé e rolar morro abaixo, para ser salva no final. A cena da guia descrevendo Susan como a mais desastrada que já viu e Mike passando e ouvindo, reconhecendo esta como a descrição de Susan foi ótima.

Tom, morto de ciúmes de Rick depois de vê-los jantando juntos, tem um ataque de saúde e resolve voltar ao trabalho. Ele também pede a Rick que ele se demita, mas o rapaz se recusa e, besteira, acaba contando tudo a Lynette e tentando levar o relacionamento deles a um nível acima… Mas, como ela bem descreveu, o mais longe que ela iria seria o flerte e ela precisava disso como nunca, e ele acabou por destruir esse momento de fuga dela.

Eddie sente que pode perder Carlos com a partida de seu filho, e arruma um jeito de evitar que isso aconteça: pedir a custódia do filho. Carlos acaba dizendo a ela que ficará com ela idependente do menino e ela sossegada. Na realidade Carlos faz o que faz apenas tentando evitar o sofrimento do garoto, mostrando, mais uma vez, como ele é um cara legal (adoro ele).

Gabrielle teve um episódio excepcional e torço muito para ela ganhar uma indicação. Ela está ótima esta temporada, quando finalmente deixaram de fazer dela apenas uma boneca latina. O episódio começa com algo típico de Gabrielle: arruma uma briga com um guarda por não ter colocado moedas no parquimêtro.

Quando Victor é eleito novo prefeito da cidade, a esposa de um dos responsáveis pela camapnha diz a ela que ela é a nova dona da cidade e Gabrielle parte para sua vingança… Que não dá tão certo assim e ela acaba na delegacia…

Desperate Housewives s3 e21

Quando ela volta para a casa de Victor ele lhe dá um sermão sobre comportamento e acaba decepcionando Gaby na única coisa que lhe era realmente importante: ele gostar dela como ela é e não considera-la infantil. Depois do sermão ele acaba vendo o roxo no pulso de Gaby e então percebe a besteira que fez…. Mas, ao invés de se desculpar com ela ele manda que uns capangas dêem uma surra no policial… Ele sá não imagina o quanto Gaby continua magoada, até porque, ela nem imagina que ele fez isto.

Na quinta CSI:NY foi especial, com a participação de Danny Pino, de Cold Case. Ele vai até NY pois o sanguede Stella foi encontrado na jaqueta encontrada anos antes em uma beira de estrada. A investigação acaba levando a irmã adotiva de Stella, que acabou por matar o pai adotivo das duas, depois dele abusar por anos e anos dela. Stella consegue encontrar a irmã e contar-lhe que já sabe de tudo, mas lhe dá um dia para fugir, avisando que no dia seguinte voltará até lá com o distintivo.

Na outra ponta um Mac muito nervoso, já que está sendo investigado pela morte de um assassino que ocorreu de maneira muito suspeita, quando somente ele estava com o cara, investiga com o resto da equipe a morte de uma rapaz que é encontrado dentro de uma igreja, vestido de anjo.

NY s3 e22

A investigação leva a um site que dá US$ 100.000 ao vídeo mais ousado feito por jovens. O rapaz tentou se filmar voando sobre a cidade vestido de anjo, mas acabou com seu pescoço quebrado. O episódio é mais um dos muitos que nos levam a pensar para onde a sociedade caminha.

Foi dia do season finale de Law&Order: Criminal Intent, meu favorito. Mas como o episódio não teve Goren… Bem, eu confesso que nem prestei atenção. vamos considerar Endgame o último tá?

CSI também teve seu último episódio, com direito a descoberta do assassino das miniaturas. Foi uma ótima season finale, mas fiquei meio insatisfeita. Será que tô ficando chata? Foram tantos episódios e em um passe de mágica as peças se juntam e eles já sabem quem é, mas não a tempo de evitar que ela pegue Sarah e faça seu último movimento. Se Sarah sai viva dessa ou não só saberemos depois dela assinar o contrato para a próxima temporada… Ou não.

CSI LivingDoll

A noite fechou com House. O episódio mostrava uma grávida cuja doença era decorrente da gravidez. House, prático como só ele, sugere o aborto, já que é a gravidez o problema, mas Cuddy, maternal como nunca, parte em defesa da vida e busca a todo custo uma chance de manter o bebê vivo. A mãe em questão foi interpretada pela mesma atriz que fazia a Lisa, irmã da Jamie de Mad About You, meu seriado número um.

Cuddy consegue ir as últimas consequências para salvar a gravidez e, no final, tudo dá certo. O destaque do episódio acabou ficando paras as fotos tiradas pela paciente durante sua estadia no hospital: uma que mostra House realmente se importando com algo; Chase radiante ao olhar uma foto de Cameron (A-P-A-I-X-O-N-A-D-O); Cuddy e seu sorriso… E olha que eu perdi a melhor cena do episódio: House pegando Cameron e Chase juntos no quartinho da limpeza.

De Amazing Race eu já falei no review publicado na própria sexta, de NCIS eu prometo falar amanhã.

Mas me entreguei e não assisti Friday Night Lights até o final. Não deu, sorry! Confesso, não me matem, que não sei se ainda vou longe com o seriado. O problema é que todo episódio eu acho as primeiras partes um porre. Eles só me empolgam na metade final… E com o sono da semana acumulado eu não me animo… É, duro isso viu!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

7 Comentários


  1. Aaaa, dá uma chance pra FNL! A série é tão boa! Mas as vezes o cansaço fala mais alto meeeesmo! Sorte que as minhas férias finalmente chegaram e vou poder botar vááárias séries em dia.

    Responder

  2. oi,
    se a fox está lá embaixo em termos de audiencia, será culpa do idioma inglês ou dos seriados fracos, que muitas vezes chegam ao Brasil já cancelados?
    por que os primeiros colocados são os sites que legendam seus seriados?
    abraço

    Responder

  3. Gosto muito do seu site e da forma como você escreve. Leio seu posts todos os dias, principalmente as quintas porque LOCI também é minha série predileta (desde a 1a temp. na Sony). Também considero Endgame o último, o desta semana foi péssimo sem Goren/Eames e com uma história fraquíssima. Espero que o axn repita os episódios desta temporada que foi perfeita (Goren/Eames) e mantenha a grade como está.

    Responder

  4. Si, não foi só você que ficou meio insatisfeita com a finale de CSI. Amanhã, quando a minha review sair agente comenta mais.
    E eu também amava Mad About You de paixão.

    Responder

  5. Cinthia,
    O bom é que eles estão reprisando todos desde a primeira temporada às 18h, não é o melhor horário do mundo, mas dá para gravar.
    Si

    Responder

  6. Eu já desisti e House há muito tempo, mas não sabia que o Chase está tendo um caso com a Cameron. Gostei! Os dois se combinam 😉
    Que bom que você gostou de DH. Daqui pra frente é só alegria! =D

    Responder

  7. PS- Alegria no sentido de bons episódios, pq terá muito drama pela frente…
    PS 2- Tbm não consigo assistir Friday Night Lights. A série podia se chamar Tuesday Night Lights. Sexta-feira às 10 é triste…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *