Cinema: Festival Remaster traz filmes clássicos brasileiros

Com duração prevista para 20 a 26 de setembro, o Festival Remaster chega para trazer ao público uma oportunidade de rever na telona, ou assistir pela primeira vez, os maiores clássicos do cinema brasileiro.

Idealizado pelos produtores Alexandre Rocha, Cristiana Cunha, Marcelo Pedrazzi e Vitor Brasil, o Festival Remaster exibe, em sua primeira edição, ícones do cinema nacional remasterizados. O evento deve acontecer em diversas cidades do Brasil, no intuito de disseminar a arte feita no país.

Entre os títulos da mostra, estão nomes de peso como Vidas Secas (1963), de Nelson Pereira dos Santos; O Homem da Capa Preta (1986), de Sergio Resende; República dos Assassinos (1979), de Miguel Farias Jr; Luz Del Fuego (1982), de David Neves; Vai Trabalhar Vagabundo (1973), de Hugo Carvana; O Assalto Ao Trem Pagador (1962), de Roberto Farias; além dos documentários Os Doces Bárbaros (1977), de Jom Tob Azulay; e Carmem Miranda: Banana Is My Business (1995), de Helena Solberg.

No mapa do Festival Remaster estão as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Porto Alegre e Salvador. Cidades que devem receber em suas salas de cinema esses filmes, que marcaram época, foram premiados e aclamados pelo público, levaram milhares de pessoas ao cinema e fazem parte do nosso imaginário coletivo – sendo referência para várias gerações.

Na noite de lançamento do Festival Remaster, em São Paulo, que aconteceu ontem (19), foi exibido o filme “Vidas Secas”, de Nelson Pereira dos Santos.

Clássico do Cinema Novo, movimento que revolucionou o cinema brasileiro em busca de entender o país e seu povo – o filme traz a realidade do sertão do Brasil entre as décadas de 30 e 40.

Com interpretações viscerais de Maria Ribeiro e Atila Iorio, Vidas Secas narra a trajetória da família composta por Sinhá Vitória, Fabiano, seus dois filhos e mais a cachorra Baleia.

Andando sem rumo pelo sertão, eles buscam trabalho, um prato de comida e o direito de sonhar com um futuro melhor.

Fiel ao livro de Graciliano Ramos, que lhe deu origem, Vidas Secas mostra a luta do sertanejo nordestino. Um povo sofrido, que precisa sobreviver as agruras do tempo e superar as injustiças de um sistema cruel, onde o dono da terra é rei e todos os outros são como escravos.

Nessa pegada, o Festival Remaster busca mostrar a importância e a riqueza da nossa cultura, ao celebrar títulos que retratam o peso da arte produzida no Brasil. Desse modo, o evento se posiciona como uma excelente chance de conhecer mais do Brasil e refletir com as obras produzidas aqui.

Com apoiadores como Globo Filmes (TV GLOBO), Canal Brasil (GLOBOSAT) e Rádio Globo como sua rádio oficial, o Festival Remaster tem apoio promocional do Adoro Cinema e apoio institucional da Academia Brasileira de Cinema. A Espaço Z é
sua agência e é realizado através da parceria exclusiva com os Cinemas Espaço Itaú de Cinema e Cinearte Petrobras.

O Festival Remaster é uma produção da Afinal Filmes.

Serviço:
Período do Festival: de 20 a 26 de setembro.

Programação:

CARMEM MIRANDA: BANANA IS MY BUSINESS (doc), de Helena Solberg
VAI TRABALHAR VAGABUNDO, de Hugo Carvana
O ASSALTO AO TREM PAGADOR, de Roberto Farias
VIDAS SECAS, de Nelson Pereira dos Santos
O HOMEM DA CAPA PRETA, de Sergio Resende
OS DOCES BÁRBAROS (doc), de Jom Tob Azulay
REPÚBLICA DOS ASSASSINOS, de Miguel Farias Jr.
LUZ DEL FUEGO, de David Neves

Locais:

RJ – Espaço Itaú Botafogo
SP – (2 salas)– Espaço Itaú Augusta e Cinearte Petrobras
Curitiba – Espaço Itaú
Porto Alegre – Espaço Itaú
Brasília – Espaço Itaú
Belo Horizonte – Cine Belas Artes
Salvador – Espaço Itaú Glauber Rocha

Acompanhe mais e saiba da programação na fanpage do Festival Remaster.

Por fim, vale registrar que, a partir de 8 de outubro, o Festival Remaster continua na grade do Canal Brasil. A emissora exibirá, sempre às segundas e terças, à 0h15, películas que fazem parte do festival, em uma faixa especial no Canal Brasil.

Cinema: Buscando

Cinema: Buscando

Buscando, filme que chega aos cinemas nesta quinta, dia 20 de setembro, parte de uma história bastante simples: David Kim…

Leia Mais

Cinema: 22 Milhas

Cinema: 22 Milhas

Depois de trabalharem juntos em O Grande Herói, o Horizonte Profundo: Desastre no Golfo e O Dia do Atentado, Mark Wahlberg…

Leia Mais

Cinema: Limites

Cinema: Limites

Os filmes de estrada (road-trip como dizem lá) são um clássico americano e, por isso mesmo, facilmente caem no clichê….

Leia Mais

Cinema: Hotel Artemis

Cinema: Hotel Artemis

Considerando os riscos envolvidos ao se optar por uma carreira como ladrão, assassino ou traficante, não parece tão absurdo assim…

Leia Mais

Cinema: Marvin

Cinema: Marvin

Já foi ao cinema sem esperar muito e saiu de lá como que atropelado por um caminhão de emoções? Pois…

Leia Mais

Cinema: Kin

Cinema: Kin

Para os fãs de Sci-Fi, a boa notícia: tem título novo chegando aos cinemas nesse dia 06 de setembro (quinta)!…

Leia Mais

Cinema: Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas

Cinema: Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas

O que faz um herói de verdade? É preciso ser sério, destemido e sempre ter um plano vem pensado? Ou…

Leia Mais