E o Oscar 2017?

Ontem ao contar aqui que o A&E iria exibir o Spirit Awards deixei claro que estou torcendo por Moonlight, que conta de forma dolorida a história de um rapaz focando em três diferentes momentos em sua vida. Pois, para minha alegria, o filme faturou as categorias de melhor filme, diretor, roteiro, fotografia e montagem ontem.

Moonlight para mim é a prova de que a velha máxima “uma ideia na cabeça e uma câmera na mão” ainda funciona, um balsamo quando vemos cada vez mais refilmagens e filmes em que gastam-se fortunas com efeitos especiais e nomes de prestígio, mas não conseguem contar uma boa história.

Na noite de hoje o páreo fica mais complicado para este filme que custou apenas 1,5 milhão de dólares e foi filmado com uma equipe mínima no calor do verão da Flórida, afinal entra em cena La La Land, que tem sido o queridinho da crítica e que é um cinema sobre o cinema, coisa que a Academia adora premiar – assim como as grandes transformações físicas de atores e atrizes, coisa que esse ano não foi vista.

Eu ainda não assisti ao musical  – não que eu tenha me esforçado muito para, estou com dois ingressos cortesia na bolsa tem pelo menos três semanas e nem assim eu fui -, mas eu realmente duvido que ele mudasse minha torcida.

Agora, como todo brasileiro tem um pouco de crítico de cinema e técnico de futebol (eu tenho só de crítico de cinema), vou dividir com vocês minhas apostas e meus favoritos nas categorias principais:

Melhor Filme

Moonlight – La La Land – A Qualquer Custo – Manchester À Beira-mar – Até o último Homem – Lion – Estrelas Além do Tempo – A Chegada – Um Limite Entre Nós 

Infelizmente A Chegada tem poucas chances de levar o prêmio  – Oscar e Golden Globes não tem lá muito gosto por ficção científica.

Mas a briga ficou boa depois de Moonlight ter garantido o Spirit Awards, o Globo de Ouro, o AFI e o British Independent de melhor filme, entre outras premiações voltadas para o cinema LGBT e negro. Ainda assim, como eu disse antes, a Academia pode fazer mais uma das suas e dar o prêmio para La La Land.

A maior força de Moonlight é também seu calcanhar de Aquiles: ao mesmo tempo em que ele pode ser a escolha de um Academia querendo se provar moderna e politizada, ele é um filme centrado em um personagem negro, gay e traficante de drogas, ou seja, eles podem considerar tudo isso “demais”.

Ainda, Moonlight é um filme dolorido, cuja riqueza exige atenção plena, coisa rara hoje em dia. Minha torcida é toda dele.

Espero que a Academia me surpreenda, mas aposto em La La Land como vencedor.

Melhor Diretor

Barry Jenkins (Moonlight) – Damien Chazelle (La La Land) – Kenneth Lonergan (Manchester À Beira-Mar) – Mel Gibson (Até o último Homem) – Denis Villeneuve (A Chegada)

Eu de novo torcendo por Moonlight e Arrival, mas acreditando nas chances de Mel Gibson: se a Academia adora cinema sobre cinema, ela ama ainda mais redenções e Kacksaw Ridge parece ser a de Gibson.

Aposta: Moonlight

Melhor Ator

Andrew Garfield (Até o último homem) – Denzel Washington (Um Limite Entre Nós) – Casey Affleck (Manchester À Beira-mar) – Viggo Mortensen (Capitão Fantástico) – Ryan Gosling (La La Land)

Denzel Washington está cotado, mas Mortensen tem chances, afinal esta foi a única indicação que Capitão Fantástico conseguiu, ainda que tenha sido muito elogiado.

Aposta/Torcida: Denzel Washington

Melhor Atriz

Isabelle Huppert (Elle) – Natalie Portman (Jackie) – Meryl Streep (Florence Foster Jenkins) – Ruth Negga (Loving) – Emma Stone (La La Land)

Eu aqui chorando pela ausência de Amy Adams por A Chegada e precisando escolher outra para torcer, essa vida não é justa! Amy acabou ficando de fora, muito provavelmente, por ter visto seus votos se dividirem por A Chegada e Animais Noturnos. Eu que não gostei de Animais, e nem acho que ela tenha sido nada demais no filme, me sinto frustrada em dobro, claro.

Outra ausência sentida: Taraji P. Henson por Estrelas Além do Tempo.

Troço então por Isabelle Huppert, que já levou o Globo de Ouro pelo papel, mas aposto que Emma Stone (a namoradinha americana atual) leva a estatueta.

Melhor Ator Coadjuvante

Mahershala Ali (Moonlight) – Jeff Bridges (A Qualquer custo) – Lucas Hedges (Manchester À Beira-mar) – Michael Shannon (Animais Noturnos) – Dev Patel (Lion)

Vai que é tua Mahershala Ali!!! Minha torcida e aposta vai para o ator que simplesmente arrasou em Moonlight e que representa tão bem as causas pelas quais atores, diretores, produtores, americanos tem falado. Ainda que Michael Shannon corra por fora, e ele é a única coisa realmente boa em Animais Noturnos, não acredito que consiga tirar o prêmio de Mahershala.

Melhor Atriz Coadjuvante

Viola Davis (Um Limite Entre Nós) – Michelle Williams (Manchester À Beira-mar) – Naomie Harris (Moonlight) – Nicole Kidman (Lion) – Octavia Spencer (Estrelas Além do Tempo)

Octavia Spencer pode correr por fora e garantir assim a única estatueta de Estrelas Além do Tempo, mas esta deve ser a noite de Viola Davis, que ficacom minha aposta. Torcida? Confesso que não tenho favorita na categoria.

Melhor Roteiro Original

La La Land – Manchester À Beira-mar – A Qualquer Custo – O Lagosta – Mulheres do Século 20

Este deve ser o prêmio de Manchester À Beira-mar, que conta com a minha torcida e aposta – a não ser que a Academia pire de vez e dê o prêmio para La La Land.

Melhor Roteiro Adaptado

Moonlight – Lion – A Chegada – Estrelas Além do Tempo – Um Limite Entre Nós

Moonlight, torcida e aposta.

Melhor Animação

Zootopia – Kubo e as Cordas Mágicas – Moana – Minha Vida de Abobrinha – A Tartaruga Vermelha

Não vi Moana ainda, acreditam (Carol não quis, mas me obrigou ver Internet O Filme, vejam vocês como as coisas depois da infância podem ficar ruins)? Estou torcendo por Zootopia, então. Mas não faço a mínima ideia do que pode acontecer aqui.

Melhor Filme Estrangeiro

Terra de Minas – Um Homem Chamado Ove – O Apartamento – Tanna – Toni Erdman 

Torcida por Um Homem Chamado Ove, aposta em O Apartamento

Em documentário aposto em I Am Not Your Negro e La La Land deve faturar melhor música (afinal concorre duas vezes), assim como trilha sonora, enquanto Animas Fantásticos e Onde Habitam deve faturar Figurino (sua única indicação), já A Chegada ainda pode ganhar a estatueta de Melhor Edição.

E vocês, já fizeram a sua listinha de apostas?

Se ainda não, o canal TNT preparou um “robozinho” para ajudar aos sem opinião: ao acessar a página do canal no Facebook, as pessoas podem começar uma conversa com o sistema automatizado de respostas para interagir pelo celular ou pelo computador. Uma das opções disponíveis no sistema é encontrar todos os filmes indicados na SKY para assistir e debater o assunto. Não vai ter tempo de ver todos? Sem problemas! O bot vai contar com um “opinião generator” com frases que vão te ajudar a comentar cada indicado das categorias. A ideia é acompanhar o evento do jeito que o brasileiro gosta: se divertindo!

Além disso, as pessoas vão poder apostar nos “bafões da noite”, como se alguém vai chorar ou se o discurso de algum vencedor vai ser cortado pela música, e acompanhar os palpites no bot. Dentro do sistema, os usuários ainda terão acesso a um card com informações da SKY – uma sessão exclusiva em que podem conhecer mais sobre a usabilidade, recursos e programação da operadora.

O bot foi desenvolvido pelo ChatClub (chatclub.me), da Movile, em parceria com a Turner e o time de Creative Shop, do Facebook, em co-criação com a Crane – agência estratégica e criativa da marca e a Ampfy, agência da Sky.

A TNT será o único canal de TV no Brasil que transmitirá ao vivo o Oscar. A partir das 21h, Carol Ribeiro entrevista as estrelas no tapete vermelho e às 22h30, Rubens Ewald Filho e Domingas Person comentam a cerimônia e a premiação. No Facebook, a cobertura será feita com alive “Escolha seu Apresentador”, comandada por Lully, do canal Lully de Verdade e pela dupla do canal Pipocando, Bruno Bock e Rolandinho, que receberão uma série de convidados especiais.

P.S. Posso te dar um conselho: acione a tecla SAP assim que a exibição começar e evite ficar nervoso.

 

A&E exibe Spirit Awards, maior premiação do cinema independente

A&E exibe Spirit Awards, maior premiação do cinema independente

Mais uma oportunidade para torcermos por Moonlight! Se todos estão na corrida para assistir aos indicados aos Oscars que será…

Leia Mais

Uma olhadinha nas filmagens de Ocean’s Eight

Uma olhadinha nas filmagens de Ocean's Eight

Os tempos são outros, e agora trata-se de uma gangue completamente nova: são oito mulheres que planejam e executam um…

Leia Mais

Quem mais já está morrendo por Rei Arthur: A Lenda da Espada?

Quem mais já está morrendo por Rei Arthur: A Lenda da Espada?

A Warner Bros. Pictures divulgou as primeiras artes em português e trailer legendado de Rei Arthur: A Lenda da Espada, dirigido…

Leia Mais

Cinema: Bugigangue no Espaço

Cinema: Bugigangue no Espaço

Enquanto Gustavinho (voz de Danilo Gentili), Fefa (voz de Maisa Silva) e os demais integrantes do clube Bugigangue estão preocupados…

Leia Mais

Warner Bros divulga poster oficial do suspense Paixão Obsessiva

Warner Bros divulga poster oficial do suspense Paixão Obsessiva

A Warner Bros. Pictures divulgou o pôster em português do suspense dramático Paixão Obsessiva, o primeiro filme dirigido pela veterana…

Leia Mais

Cinema: Moonlight – Sob a Luz do Luar

Cinema: Moonlight - Sob a Luz do Luar

“Uma hora você tem que decidir quem será. Não deixe que decidam por você.” A frase acima é dita por Juan…

Leia Mais

Teatro: Morte Acidental de Um Anarquista

Teatro: Morte Acidental de Um Anarquista

No final do ano o marido disse: quero ir ao teatro rever Morte Acidental de Um Anarquista! Corro eu descobrir…

Leia Mais